ROTEIRO E DICAS 2 DIAS EM VENEZA

Veneza:

Como chegar, mapa, pontos turísticos, hotel, discas e roteiro.

ITÁLIA



A vontade para conhecer Veneza vem de longe. Um lugar onde as ruas são canais, o principal transporte  é o  barco/gôndolas e a principal fonte de renda é o turismo. Veneza é romântica, e mesmo alguns dizendo que seus canais tem cheiro forte e desagradável, minha curiosidade e vontade não diminuiu. Ainda mais sabendo que a cidade poderá desaparecer no futuro pelo aumento do nível do mar. Só não gostaria de conhecer na época da maré alta, sua principal praça (piazza) San Pedro fica cheia d` água, diminuindo o glamour do lugar. 
Durante minhas pesquisas, li algumas alternativas para conhecer Veneza, uma delas foi bate e volta de cidades próximas. Mas conhecer Veneza sem ficar pelo menos 1 dia, não teria graça, afinal não é todos os dias que temos a oportunidade de conhecer um lugar no mundo tão diferente como Veneza. Mas o esforço foi grande,  prepare o bolso, porque tudo é muito caro. De hotéis a alimentação, nada é barato.

Como chegar em Veneza:

-TREM: de Roma, Florença ou Milão: Estação Santa Luzia. Muitas pessoas realizam bate e volta, mas na minha opinião passar pelo menos uma noite em Veneza vale muito a pena.

-AVIÃO: Aeroporto Marco Polo. De qualquer ponto da Europa. No aeroporto você poderá pegar um táxi, transfer ou ônibus da empresa ATVO autocarro nº 5. Levará 20 minutos. Ponto final é na Piazza Roma. Daí é só atravessar a  ponte.
 A Piazza Roma é vizinha a estação Santa Luzia (onde sai o vaporetto).



Mapa turístico de Veneza


ITÁLIA



  Veneza é dividida em 6 bairros (sestiere em italiano): Cannaregio, Castello, San Morco, Dorsoduro, San Polo e Santa Croce.


COMO CIRCULAR:

A melhor opção é caminhando. Você precisará de um mapa e mesmo assim terá grande chance de se perder (aconteceu conosco), porque Veneza é um labirinto.
Outra forma é o vaporetto (ônibus-barco), é um transporte público, onde a linha mais importante é a nº 1 (percorre todo Grand Canal).

Onde se hospedar:


*Algumas pessoas recomendam  hospedagem em Mestre. Fora da ilha. Os hotéis são melhores e mais baratos. Mas na minha opinião, o legal é dormir na ilha, nem cogitei de me hospedar em Mestre. Queria passar a noite em Veneza, parar em um restaurante charmoso perto do canal, olhando as gôndolas passarem.
*Caso prefira hospedar-se em Veneza, escolha os hotéis próximo a estação e da Piazza Roma, nos bairros de Santa Croce e Carraneggio. Apesar das  pontes serem apenas de escadas, irá andar pouco. Caso contrário terá que pegar o vaporetto (dependendo da época, fica lotado) ou pegar um táxi-barco (não é barato, ah tá já escrevi, em Veneza nada é barato). Caso não fique no início da ilha, prefira os hotéis na beira do Grande Canal (canal principal), são os mais caros, é claro. Os hotéis mais caros tem serviço de transfer para estação ferroviária e o aeroporto. 

Li que existe guarda-volumes na estação de trem. Mas prefiro ficar com minhas malinhas.

* Os hotéis e estabelecimentos em Veneza são na sua maioria com aspecto de antigo, por isso não se assuste, como eu que avistei o hotel de longe e levei um susto. Internamente são limpos e reformados. 

Carlton On The Grand Canal  , Santa Croce.


Reserve seu hotel em Veneza aqui.


 Faça sua busca de hotéis nas caixas do Booking.com localizado neste blog. Somos afiliados e o blog ganha uma pequena comissão das reservas efetuadas a partir daqui. Você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.





Quando ir:

- Fomos no verão e estava muito cheio, alguns diziam que sentiríamos cheiro forte, porém só sentimos quando andamos de taxi-barco. Para dizer a verdade o cheiro foi bem desagradável. Além disso, a ilha estava muito cheia e fazia muito calor. Acho que a melhor época deve ser na primavera entre maio e junho.
O bairro mais central é San Marco. É nele que fica a mais famosa praça de Veneza, San Marco.
San Polo é o menor dos bairros de Veneza. É nele que situa-se o principal mercado da cidade e a famosa Ponte Rialto.


Pontos turísticos:

-Grand canal: é o maior e mais importante canal da cidade. Em forma de S passa por vários bairros de Veneza.
VENEZA
Wikipedia

-Ponte degli Scalzi: Construída para dar acesso a estação de trem da cidade. É uma das quatro pontes sobre o canal grande e também a primeira de acesso à Veneza.

-Ponte dei Pugni: Ponte dos punhos, Veneza tem várias ponte dos punhos, mas essa é a mais famosa.



-Ponte Rialto: é a ponte em arco mais antiga e famosa sobre o Grande Canal.
VENEZA
Ponte Rialto visto do barco





-Piazza San Marco : Principal ponto turístico de Veneza, considerado o coração de Veneza. Ou seja todos os caminhos de Veneza te levam para esta piazza. 

VENEZA



-Basílica San Marco
Localizada na Piazza San Marco.

VENEZA



-Campário

-Torre dos relógios


-Palácio Ducal ou Palazzo Ducale (dos Dodges)

Sede do governo veneziano do século IX, era a residência dos governantes venezianos.

VENEZA
Wikipedia


-Ponte dos suspiros

Liga o palácio dos Dodges às antigas prisões e se pode vê-la da beira do Grand Canal, saindo à esquerda da Praça.



- Murano:

 Famosa pela produção de vidro. É o lugar ideal para ver como fabrica-se o vidro e para comprar objetos desta matéria prima. É como se fosse uma Veneza pequena. Localiza-se a 2 Km de Veneza. Pegue o vaporeto nº 5. Li que se pedir no hotel, a fábrica irá buscar de barco grátis, para visitação. Embora considerada uma ilha de Veneza, é um arquipélago de sete ilhas menores, das quais duas são artificiais, unidas por pontes entre si.


-Lido:

 É uma ilha na região do Veneto a 15 minutos de Veneza, com 18 Km de comprimento. É uma longa parede de areia, que fica na entrada de Veneza. Separa a lagoa  do golfo de Veneza. Lido é como se fosse um balneário de férias. É lá que acontece todos os anos o famoso Festival de Cinema de Veneza.

Como chegar: Vaporettos 1 e 2 com paradas no Canal Grande. 
                     Vaporettos 5.1 ou 5.2 com parada na Piazza Roma.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Lido_(Veneza)



-Passeio de gôndola pelos canais.


Roteiro: 


Chegamos às 10:00 hs, deixamos as malas no hotel e saímos explorando a ilha. Com ajuda de  um mapa, você vai conhecendo os pontos turísticos.
ITÁLIA
Se refrescando com o famoso gelato italiano

ITÁLIA

ITÁLIA

Claro que nos perdemos! Almoçamos com calma e depois fomos até a Piazza San Marco. Voltamos por outro caminho, conhecendo outros lugares. De volta ao hotel, descansamos até o final da tarde, pois acordamos muito cedo, o nosso voo de Paris à Veneza foi muito cedo e tivemos que acordar às 3:30hs.

  À noite passeamos no entorno do hotel, pois tinham várias lojas e restaurantes na beira do canal. Jantamos em um restaurante na beira do canal com iluminação de velas e lâmpadas, bem charmoso e romântico. Ficamos vendo as gôndolas passando, sem compromisso com a hora...

ITÁLIA

ITÁLIA

No outro dia, acordamos cedo, queríamos aproveitar porque iríamos partir para o aeroporto às 14:00 hs rumo a Barcelona. Andamos novamente explorando a ilha até a Piazza San Marco. Combinamos de voltar de gôndola, mas estava muito calor e voltamos de táxi mesmo, uma espécie de lancha, mais barato... Foi nessa hora que enjoei com o cheiro forte do canal, sorte que não fomos de gôndola, seria pior.
Almoçamos num restaurante italiano em frente ao hotel.
Esses dois dias foi de bom tamanho para conhecer Veneza. Fizemos todo o combinado, apesar da ilha estar lotada. Só gostaria de conhecer Murano, onde tem a fábrica de vidro. 

ROTEIRO E DICAS 2 DIAS EM VENEZA


Alugue seu carro na Rentcars.com, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.



OUTROS POSTS SOBRE EUROPA:

ROMA

Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:

    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ /  YOU TUBE



Saúde, paz e fé! 









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.