FLORENÇA, ROTEIRO DE 1 DIA



Florença: roteiro de 1 dia.

Bate e volta  Milão- Florença


Itália
Catedral Santa Maria del Fiori .





Maior cidade e capital da Toscana, Florença é uma cidade de história e arte, considerada berço do Renascimento, movimento cultural, científico e artístico desenvolvido nos séculos XV e XVI na Europa, originariamente na Itália. Artistas inspiravam-se nas formas e estudavam anatomia para dar vida em suas  obras de artes. Declarada Patrimônio Mundial pela Unesco, Florença é um verdadeiro museu ao ar livre, em  cada esquina nos deparamos com uma igreja, muitas esculturas, um palácio ou uma galeria. É possível encontrar  obras de artistas renascentistas como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Donatello entre outros. Para quem é apreciador da arte, Florença é um playground. A cidade é cortada pelo Rio Arno e a medieval Ponte Vecchio, cartão postal da cidade, que liga Florença a Oltrano, no Sul.

A primeira vez que fomos a Itália, passamos por Roma e Veneza, colocamos Florença no roteiro, porém para realizar a vontade do nosso filho, ficou para a meu cargo a difícil missão de tirar Florença para colocar Barcelona. Poxa, mas estava tão pertinho! Pois é, o que não fazemos para satisfazer a vontade de um filho. Prometi que na próxima vez que visitasse o país (seja longe ou perto) conheceria Florença.

Motivo esse que quando decidimos conhecer Milão não pensamos duas vezes e Florença  já estava no topo da lista. Entretanto, não tínhamos muito tempo, o jeito foi realizar um passeio de bate-e-volta saindo de Milão. Confira neste post um tour pela cidade e veja que é possível conhecer muita coisa em apenas um dia e sem correria.

Compramos os tickets de trem ida e volta no site da Trenitalia  com antecedência para garantir os horários desejados. Partimos as 7:00 da manhã e retornamos no trem das 18:00 horas. Tempo suficiente para fazer um tour bem legal pela cidade.


A viagem de trem Milão- Florença:


Chegamos cedo (6 horas) na Estação Centrale próximo ao nosso hotel de Milão trocamos os vouchers emitidos pela internet pelos tickets e procuramos no painel a plataforma e o número do trem. A viagem de trem de alta velocidade é super tranquila com lugares marcados, servem até um lanche razoável, tipo serviço de avião, mas cuidado, eles fazem tipo uma pegadinha, primeiro passa um carrinho vendendo lanche e depois passa o carrinho que oferece o lanche já incluído na passagem.

MILÃO



Chegamos na estação Santa Maria Novela em Florença as 8:40 horas. 
Aviso aos navegantes, prepare as pernas, porque o tour foi todo realizado caminhando, fizemos praticamente um giro de 360º na cidade.
Com o mapa adquirido na estação de Florença  partimos em direção ao ponto turístico mais disputado da cidade e que preferi agendar logo na parte da manhã (9 horas), assim teríamos o restante do dia para caminhar com tranquilidade.


*Accademia (Museu del Bargello):


Uma das prioridades era visitar o local onde encontra-se uma das esculturas mais famosas do artista renascentista Michelangelo.  DAVI (lembra da história de Davi e Golias que está no Velho Testamento da Bíblia?), uma estátua de mármore que mede cinco metros e dezessete centímetros, cujo realismo anatômico é impressionante. A obra ficou por 350 anos na Piazza della Signoria, até 1873 e depois foi transportada para Accademia.

FLORENÇA
ENTRADA ACCADEMIA, FLORENÇA

O local é um dos pontos turísticos mais disputados de Florença e os ingressos esgotam-se rapidamente (ainda mais na verão europeu), tratei de adquirir os tickets com bastante antecedência pelo site: Accademia Gallery . Menores de 18 anos não pagam, basta apresentar o passaporte. Além da comodidade de comprar pela internet a vantagem é que quando você chega na galeria no horário agendado, tem 2 filas, uma gigantesca para comprar ingressos e outra bem menor para quem já tem o voucher.

Entrando na galeria, no fundo do corredor principal nos deparamos com a obra de arte mais impressionante e impactante já vista antes. Realmente as fotos não transmitem a perfeição da obra e é possível ficar ali por horas admirando cada detalhe. Seu realismo nos dá a sensação que a escultura está viva e que a qualquer momento Davi irá piscar para nós.

FLORENÇA
ESTÁTUA DE DAVI NA ACCADEMIA



Caso não consiga adquirir o ticket para Accademia, tem um consolo, na Piazza della Signoria em frente ao Palazzo Vecchio há uma réplica de Davi.

Além de sua obra mais famosa o local possui outras belíssimas de outros artistas famosos. 

Gente tem tanta escultura linda que fica até difícil escolher qual postar. Tentei fazer uma coletânea, porque se fosse postar todas não  teria espaço para escrever o post.

FLORENÇA

ACCADEMIA, FLORENÇA






Partimos para as demais atrações.
Mas... Caminhando pelas charmosas ruas de Florença, que naquela hora (+ ou - 10:30 da manhã) já estava um calor de matar (era o auge do verão europeu) não resistimos e paramos para deliciar o famoso gelato/gelatto italiano.


FLORENÇA
ALGUÉM RESISTE AO GELATO ITALIANO
Para ser sincera dá vontade de parar em cada esquina e provar um sabor por vez.



*Piazza del Duomo :

Uma das mais famosas da cidade onde está um dos cartões postais  da Itália. 



Catedral de Santa Maria del Fiore :

Quarta maior catedral do mundo, é uma obra gigantesca (que mal cabe na foto) revestida de mármore verde, branco e rosa no centro da cidade e a mais famosa de Florença. Talvez pela diferente arquitetura e sua imensa cúpula que domina a vista da cidade, já foi a maior do mundo quando concluída  em 1436. O local estava lotado de turistas. Para entrar é preciso adquirir um ticket no local.

FLORENÇA
FACHADA  SANTA MARIA DEL FIORE




Cúpula:
A parte da Catedral que mais chama atenção é a imensa cúpula de Brunelleschi.


FLORENÇA



Campainile ( Campanário)

Colado ao Duomo possui 414 degraus e do topo há uma vista panorâmica da cidade. Acesso pago.
FLORENÇA




Fontana Del Porcellino:

Local onde concentra-se um comércio popular. Tem uma escultura de bronze de um javali, cópia da original grega em mármore. Diz a lenda, quem esfregar a mão no seu focinho, voltará a Florença.
FLORENÇA





*Piazza della Signoria:

É uma galeria de arte a céu aberto, cheio de esculturas que chamam atenção pela sua perfeição.


FLORENÇA





















-Réplica de Davi, a original está na Accademia. 

PIAZZA DELLA SIGNORIA
RÉPLICA DE DAVI NA PIAZZA DELLA SIGNORIA.


-Fonte de Netuno


PIAZZA DELLA SIGNORIA
FONTANA DE NETUNO, PIAZZA DELLA SIGNORIA.


-Loggia dei Lanzi:


Espaço com muitas esculturas.


FLORENÇA
LOGGIA DEI LANZI, PIAZZA DELLA SIGNORIA.


FLORENÇA




*Palazzo Vecchio  (palácio velho):


Localizado na Piazza della Signoria, construído no século XIV, é um dos palácios mais grandiosos da cidade e sede da prefeitura. A réplica de Davi está em frente ao palácio. Tem um campanário  que era usado para alertas de ataques, enchentes e incêndios. No seu interior está a obra prima ´´O gênio da vitória de Michelangelo``. 
Acesso pago, menores de 18 anos grátis.

PIAZZA DELLA SIGNORIA
PALAZZO VECHIO


*Galeria Uffizi:

Uma das galerias (museus)  de arte mais famosas da Itália e do mundo com obras de artistas famosos como Botticelli, Leonardo da Vinci, Michelangelo, entre outros. 
Uma das atrações mais disputadas em Florença. Como só tínhamos 1 dia na cidade nem cogitamos em visitar, segundo relatos de turistas vale muito a pena a visita. Compre ingressos antecipadamente pelo site Uffizi .


Almoçamos em um dos vários restaurantes do local e descansamos um pouco.


*Piazza Santa Croce:

Uma das mais bonitas de Florença.
Almoçamos em um  restaurante ao lado da basílica Santa Croce e descansamos um pouco.
FLORENÇA



*Basílica Santa Croce:

Antiga igreja franciscana do século XIV com fachada em mármore carrara  verde. Uma das maiores de Florença, possui 16 capelas internas e cheia de obras de arte. No local encontra-se os túmulos de Michelangelo, Galileu Galilei entre outros.

FLORENÇA


A visita no interior da Basílica é pago, mas vale muito a pena, no final do tour você atravessa um jardim com esculturas, é um lugar super agradável.

Interior da Basílica:
FLORENÇA



FLORENÇA


Não sou muito a favor de visitar túmulos, muito menos tirar fotos, mas tive que abrir uma exceção, afinal não é todos os dias que você tem oportunidade de ver os túmulos de Michelangelo e ...

FLORENÇA
TÚMULO DE MICHELANGELO


 Galileu Galilei:


FLORENÇA




Na parte externa tem um imenso jardim com esculturas.
FLORENÇA




Retornamos pela margem do Rio Arno até a Ponte Vecchio.


*Ponte  Vecchio (ponte velha):

FLORENÇA

FLORENÇA

Atravessamos a ponte com mais de 650 anos,  também um cartão postal da cidade. A ponte é repleta de lojas e joalherias e tem uma linda vista do Rio Arno. 


FLORENÇA

Durante a Segunda Guerra, quando o exército alemão estava se retirando da cidade e os aliados avançavam, os alemães destruíram todas as pontes, apenas a Ponte Vecchio foi poupada.


FLORENÇA
Rio Arno visto da ponte Vecchio

Retornamos em direção a Basílica San Lorenzo caminhando com tranquilidade não resistimos com uma vitrine de doces italianos. Depois de andar quilômetros não sentimos nenhum peso na consciência de provar algumas dessas delícias da gastronomia italiana.


ITÁLIA



Energia recarregada, continuamos a caminhada.


*Basílica San Lorenzo:

FLORENÇA
Bem diferente das demais igrejas de Florença. Era a paróquia da família Medici, que governou Florença entre os séculos XV a XVIII. Fundaram o Banco Medici, que se tornou o maior da Europa no século XV. Entrada paga. 



*Basílica Santa Maria Novella:

Localizada ao lado da estação Santa Maria Novella, tem uma fachada de mármore verde e branco. Apesar de menor que as outras, não é menos atraente, pelo contrário é um local super agradável para encerrar toda essa maratona. Entrada paga.


FLORENÇA



*Piazza Santa Maria Novella:

A praça tem um imenso gramado e é toda florida (uma das mais bonitas), fica bem próxima da estação Centralle , resolvemos descansar  depois de andar praticamente o dia inteiro nos sobrou 1:30 para relaxar até partimos de volta para Milão.



Mapa do roteiro:







Retornamos para Milão no trem das 18:30 horas.


Dicas:
*Caso seja um grande apreciador de obras de arte vale a pena ficar de 2 a 3 dias na cidade. 

*Antes de planejar a viagem cheguei a reservar o Hotel Roma  (não é em Roma é em Florença) indicado por uma amiga (pois iria passar 2 dias), localizado na Piazza Santa Maria Novella. Passando pelo local percebi que o hotel tem uma ótima localização e está ao lado da estação Santa Maria Novella. Vale a pena conferir.

*Com mais dias no roteiro, atravesse a Ponte Vecchio e explore  o outro lado do Rio Arno, repleto de jardins,  é considerado o pulmão de Florença. Conheça o Palácio Pitti,  Jardim de Borboli ,Forte Belvedere e a Piazza Michelangelo. Também conheça a Galeria Uffizi e o museu Galileu.

*Caso visite a cidade no verão prepare-se, é um calor infernal com muitos turistas. 

*Delicie-se com a deliciosa gastronomia italiana.


*Reserve ou compre usando os banners e links de parceiros localizado neste blog. Ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.




Alugue seu carro pelo site da Rentalcars.com e pague em reais com isenção de IOF.



Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:


    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ /  YOU TUBE




Até a próxima, saúde, paz e fé!