PASSEIO VALE SAGRADO DOS INCAS


PERU:

TOUR VALLE SAGRADO DOS INCAS.


PERU


Região localizada à 35 Km de Cusco, entre as cidades de Pisac e Ollamtaytambo, 2.800 metros acima do nível do mar e nas margens do Rio Urubamba. Pela sua localização geográfica (até 4.000 metros) e clima, possui uma terra extremamente fértil, sendo esta região o principal fornecedor agrícola do império inca. A região possui uma variedades  de plantações, entre elas, a batata e o milho.
E você sabe quantos tipos de batatas existem neste local? 
Aproximadamente 3.500 tipos, e algumas dezenas (não me lembro quantas exatamente) de milhos.


 Possui vários sítios arqueológicos com lindas paisagens, o que faz dessa região um dos principais pontos turísticos (tours) para quem viaja à Cusco e Machu Picchu. 

Realizamos o tour Valle Sagrado, a convite da empresa Fabulous Peru Tours    e como esta região está localizada entre Cusco e Machu Picchu, ao invés de retornarmos para Cusco, preferimos deixar o tour em Ollantaytambo e continuar a viagem para Machu Picchu. Para entender melhor sobre passagens de trem e elaboração do roteiro leia os posts: Planejamento de viagem Machu Picchu e Cusco e Cusco: Pontos turísticos e dicas .



Veja no mapa, o nosso roteiro ao Vale/ Valle Sagrado: 

Cusco- Pisac- Calca- Urubamba-Ollantaytambo.



PERU




















Saímos de Cusco aproximadamente às 7:40 em um ônibus turístico com aproximadamente 20 pessoas.

Segundo o guia iríamos subir até 3.800 metros e depois desceríamos para 2.800. Na saída da cidade pegamos a mesma estrada que passa por Sacsayhuamán, sítio arqueológico nas proximidades de Cusco que foi sede do poder político do Império Inca, do ônibus conseguimos visualizar a cidade de Cusco.

Mais adiante o tour faz sua primeira parada (na estrada) no Mercado Artesanal para compras de artesanato local. Bons preços. 
PERU


Saindo do centro de artesanato aproximadamente 1km é realizado a segunda parada na estrada para apreciar o visual e tirar fotos.
Neste local começa a Cordilheira dos Andes, visual lindo, abaixo do Rio Urubamba, também chamado por locais de Rio Vilcanota.
Este rio possui 850 km, com correnteza no sentido Sul-Norte. Além do Urubamba, somente mais 2 rios no mundo possui a correnteza neste sentido: Nilo e Mississípi. 



PERU


 Descemos a montanha e fomos em direção a cidade de Pisac, à 33 km de Cusco, passamos pela cidade e  subimos (de ônibus) uma montanha em direção ao sítio arqueológico de Pisac. Na entrada da sítio, paramos para comprar o boleto turístico, veja como e porquê adquirir este boleto nos post sobre: Planejamento de viagem Machu Picchu e Cusco e Cusco: Pontos turísticos e dicas .



Sítio arqueológico de Pisac/ Pisaq:






Localizado à 30 minutos de Pisac. É um conjunto de edificações retangulares em forma de arcos. Neste local encontramos casas, terraças (montanhas preparadas com degraus para evitar a erosão do solo) de cultivo e uma fortaleza.
Após a explicação do guia, fomos liberados para circular pelo local e tirar fotos.

PERU


Saindo do sítio arqueológico, retornamos para a cidade de Pisac, nossa  próxima parada no mercado de artesanato de Pisac. O incrível é que este imenso mercado fica bem escondido. A parada é na rua principal e vamos andando entre ruelas que, de tão estreitas, somente circulam pedestres. Mais parece um labirinto, que com certeza se me deixassem neste local, me perderia. O lugar é bem modesto.
PERU
Ruas no povoado de Pisac

O mercado de artesanato localiza-se no centro deste povoado.
O guia nos levou em uma loja de artigos de prata, onde a vendedora nos explicou a diferença entre a prata falsificada e a original. Resumindo a original tem o coloração branca e a falsificada é mais amarelada. 
Tivemos 40 minutos para realizar compras. Os preços são bons, desde que negociados...

No retorno para o ônibus, o guia nos mostrou um tipo gigantesco de milho cultivado na região.
PERU


Partirmos em direção a Urubamba para almoçarmos. No caminho o visual das montanhas e do rio é lindo, mas também presenciamos muita pobreza.

A parada para almoço, tipo buffet já incluso pelo tour foi em Urubamba no restaurante Hacienda Puka Punku. Um lugar é preparado para receber turistas. Possui música peruana ao vivo e uma variedade da culinária local (saladas, ceviche, sopas, carne de carneiro e pratos a base de quinoa).  Adorei o ambiente e o almoço foi delicioso. 


                        PERU

                          
Continuamos nosso tour por aproximadamente 30 minutos até Ollantaytambo.
O ônibus estacionou no centro de artesanato na entrada do sítio arqueológico de Ollantaytambo. Como íamos deixar o tour nesta cidade para fazer a conexão de trem para Águas Calientes, o guia nos indicou uma lanchonete onde poderíamos deixar as malas e após a visita ao sítio, pegaríamos as bagagens e partiríamos para a estação de trem (bem próximo). E foi o que fizemos, pagamos 5 soles para guardar nossas malas.



Ollantaytambo:

PERU

Localizado à 97 km de Cusco. Construído sobre montanhas em um lugar estratégico que dominava todo o Valle Sagrado. 


PERU

Foi um importante centro administrativo do Império Inca, que provavelmente cumpria funções militares, religiosas, administrativas e agrícolas. Construída para proteger de possíveis invasores de povoados da selva. Possui vários terraços sobrepostos sobre as montanhas.


PERU




Na entrada do sítio arqueológico.



PERU








            Começando a subir...








 No topo da montanha.

PERU





PERU



Segundo o guia, existe uma trilha inca que liga a cidade de Ollantaytambo a Machu Picchu, que dura em torno de 4 dias de caminhada para chegar ao destino.
Já que tínhamos pouco tempo para conhecer essas ruínas, após uma breve explicação do guia, resolvemos explorar o local sem o grupo.
O local possui uma série de terraços sobrepostos, subimos a imensa montanha até o topo e exploramos o local. O local é gigantesco e é necessário ter condicionamento físico para subir a montanha.

Após esta visita pegamos nossas bagagens e no tuc- tuc fomos em direção a estação de trem, localizada a 300 metros do sítio, para conexão até Águas Calientes.


PERU



PERU
Entrada da estação de trem




Nosso tour no Valle Sagrado termina aqui, mas a viagem não. Partimos em direção a Águas Calientes  para pernoitar e no outro dia, conhecer o real objetivo desta viagem: A cidade sagrada de Machu Picchu.


Outros posts de viagem ao Peru:
Dicas de viagem Machu Picchu.

O blog realizou o tour a convite da empresa Fabulous Tours e relatei minha sincera opinião sobre os seus serviços.




Procurando hotel em Cusco, Machu Picchu e arredores?
Faça sua busca de hotéis nas caixas do Booking.com  localizado neste blog. Somos afiliados e o blog ganha uma pequena comissão das reservas efetuadas a partir daqui. Você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.



Alugue seu carro na Rentcars.com, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.



Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:


    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ /  YOU TUBE


E você tem algum comentário sobre esse post? Compartilhe conosco na área de comentários abaixo do post. Desde já agradeço.





Até a próxima, saúde, paz e fé!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.