DICAS DE VIAGEM PARA MACHU PICCHU E CUSCO


MACHU PICCHU E CUSCO
PLANEJAMENTO DE VIAGEM



PERU









Quando compramos as passagens aéreas para a sonhada viagem ao Peru, em especial em Cusco e Machu Picchu ou Machuppichu, achei que esta viagem não precisaria de tanto planejamento como as outras. Imaginava que conhecer estes lugares era só comprar passagem, reservar hotel e fazer um pequeno planejamento.
A única coisa que me preocupei antes de comprar as passagens foi pesquisar a melhor época para conhecer, pois sabia que o passeio torna-se perigoso no período de chuvas e de quantos dias precisaria para fazer o roteiro.
Pois é, até eu que gosto de pesquisar, me enganei... 
Pesquisa aqui, pesquisa ali, descobri em blogs e sites de viagens que planejar uma viagem para Machu Picchu não é tão fácil assim, talvez seja quase tão complicado como uma viagem à Disney. 
Só para se ter uma ideia, não conseguirei realizar só 01 post para essa viagem, não me perguntem quantos farei, que nem eu sei, vou escrevendo na sequência da viagem e depois veremos o resultado. 

O primeiro post dessa série claro, será sobre o planejamento da viagem,  com calma você conseguirá organizar-se e elaborar sua viagem de acordo com o número de dias e horários do seu roteiro.




Introdução:



Cusco ou Cuzco:


Cidade do Peru situada a sudoeste do Vale Sagrado do Incas  com 3.400 metros de altitude e declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.  Seu significado é umbigo, por esse motivo os incas a chamavam de "umbigo do mundo". Antigamente era a capital do império inca e uma das cidades mais importantes do Peru. 
Cusco é o que chamamos de porta de entrada para conhecer o Vale Sagrado. Mas essa cidade é muito mais do que uma rota de passagem para chegar em Machu Picchu. 



Vale Sagrado dos Incas:


Recebe este nome por ser uma área fértil, cujo principal rio é o Urubamba, considerada um dos centros urbanos e agrícolas do Império Inca. Localiza-se entre os povoados de Pisac e Ollantaytambo. 
Para chegar em Machu Picchu, você passará por essa região, vale a pena conhecer os sítios arquelógicos de Pisac e Ollantaytambo.


Águas Calientes:

Vilarejo localizado às margens do rio Urubamba. Ficou famoso por ser o ponto de partida para quem pernoita com finalidade de conhecer Machu Picchu. É o ponto final dos trens que chegam de Cusco ou Vale Sagrado e onde saem os ônibus para Machu Picchu. O lugar é muito aconchegante com hotéis, hostel e restaurantes, onde sua principal fonte de renda é o turismo.


Para entender melhor veja este mapa:


PERU




























Quando ir:

Evite período entre Novembro a Março. O local torna-se perigoso por conta das chuvas. 
Prefira período entre Abril a Outubro. Sendo que os meses de Junho e Julho (apesar do frio) são meses secos na região.



Como chegar:


A primeira coisa que você tem que ter em mente é que, para chegar em Machu Picchu, você terá que comprar a passagem aérea para a cidade  de Cusco, sendo que os voos fazem conexão em Lima, capital do Peru. Caso tenha tempo aproveite para conhecer Lima, uma cidade encantadora.

A cidade base de hospedagem para quem visita Machu Picchu é  Águas Calientes. É de lá  que saem os ônibus para o passeio de bate  e volta para Machu Picchu.


Distâncias:

*Lima -Cusco: 1.102 km (avião);
*Cusco- Águas Calientes: 167 km, 3 horas (tour de ônibus + trem);
*Águas Calientes- Machu Picchu: 9 km, 20 minutos (ônibus).


Resumindo, nossa viagem ficou:

Cusco- Tour Valle Sagrado- Águas Calientes (Machu Picchu)- Cusco.




Passos do planejamento:

*Elaboração roteiro;
*Compra passagens aéreas;
*Contratar empresa de turismo para tours (Internet ou Cusco);
*Compra de passagens ida e volta trem (Internet):
Cusco-Águas Calientes ou Ollantaytambo- Águas Calientes.
*Compra tickets Machu Picchu (Internet);
*Compra de passagens ônibus Águas Calientes- Machu Picchu (Águas Calientes);
*Compra boleto turístico Cusco (Cusco).




DESLOCAMENTO ENTRE AS CIDADES:


Contratar empresa de turismo para tours e compra de passagens de trem.

*Cusco - Águas Calientes:

Você terá algumas  opções:

* Ir de Cusco para Machu Picchu de forma independente, ou seja, comprando passagem de trem saindo de Cusco direto para Águas Calientes. No retorno poderá passar por Ollantaytambo e voltar para Cusco. O Fábio Pastorello do blog Viagens Cinematográficas, fez esse tipo de tour. Um ótimo blog que ajudou-me muito nas minhas pesquisas. 

*Contratar uma operadora de turismo em Cusco:
1- Contratar  o passeio que sai de Cusco para Vale Sagrado com direito a almoço (Full Day Valle Sagrado dos Incas):

Passeio de um dia que passa por cidades e sítios arqueológicos no caminho para Águas Calientes: 
Ruínas de Pisac, Calca e Urubamba e cidade de Ollantaytambo.
Sendo que em Ollantaytambo você se desliga do passeio e pega o trem para Águas Calientes.

Essa foi a nossa escolha, pois achamos que aproveitaríamos mais a viagem e conheceríamos outros locais também muito interessantes. Talvez pela economia de tempo, acho que é a escolha da maioria dos turista. No nosso tour para o Vale Sagrado, quase todos pegaram o trem de Ollantaytambo para Águas Calientes. 




Para entender melhor sobre a história de cada região: Cusco, Valle Sagrado, Águas Calientes, Machu Picchu entre outros, é recomendado o serviço de um guia. Em Cusco há várias agências. 

O blog realizou o tour a convite da empresa Fabulous Tours e relatei minha sincera opinião sobre o passeio.

Quanto a Fabulous Peru Tours, adorei o atendimento desde do primeiro contato com o gerente Fred (que acabou virando um amigo), uma pessoa super atenciosa que ajudou -me na elaboração do roteiro, tirando dúvidas não só sobre os tours como na reserva de hotéis. Os tours são pontuais e os guias turísticos super simpáticos e competentes. Veja os próximos posts sobre os tours da empresa. 
A empresa é super séria e realiza vários tours no Peru.




2- Realizar o passeio de bate e volta de Cusco para Machu Picchu. Achei muito corrido e cansativo por conta da distância. No final você não aproveita quase nada do local. Acho que só faria se não tivesse tempo suficiente.

3- Contratar um pacote em operadora de turismo em Cusco:

 Passeio Vale Sagrado- transporte Águas Calientes- hotel - passeio Machu Picchu- retorno Cusco.
Esse tipo de pacote é para quem não quer ter o trabalho de pesquisar e elaborar o viagem, já que você terá tudo pronto pela empresa de turismo. É mais cômodo.



*Hotéis:


Lembre-se que quanto mais antecedência você realizar sua reserva, melhores os preços da diária. Leia post: Dicas para planejar uma viagem .
Em Cusco o ponto principal e onde tudo acontece é na Plaza das Armas. Então tente hospedar-se próximo deste local.
Escolhemos os hotéis de acordo com o nosso perfil e comentários de hóspedes no site do Booking. com.  

Hotéis em Cusco:

20/04 a 21/04: Hotel Costa del Sol Ramada Cusco   (Cusco)
20/04 a 21/04: Aranwa Cusco Boutique hotel          (Cusco)
21/04 a 22/04: Casa Andina Classic Machu Picchu     (Águas Calientes)
22/04 a 24/04: Sonesta Hotel Cusco                            (Cusco) 

Você não deve estar entendendo nada. Coloquei dois hotéis na mesma data. Vou explicar:
Na realidade escolhemos o  Hotel Costa del Sol Ramada Cusco  para a primeira parada em Cusco, ótimo hotel, localização, atendimento e avaliações excelentes. Porém quando chegamos no hotel, nos informaram que havia acontecido um incidente (acho que foi vazamento nos quartos), e não poderíamos ficar hospedados ali. Em troca ganhamos um upgrade para um hotel 5 estrelas próximo deste hotel ( Aranwa Cusco Boutique hotel ),simplesmente magnífico.


Escolha dos hotéis:

Escolhemos dois hotéis diferentes para hospedagem em Cusco. O Hotel Costa del Sol Ramada Cusco e Sonesta Hotel Cusco . A maioria dos hotéis de Cusco oferecem transfer de chegada: aeroporto- hotel. Como ficamos em dúvida sobre os hotéis, ambos tinham avaliações muito boas, então decidimos ficar  hospedados em ambos e informamos ao segundo hotel (Sonesta Hotel Cusco ) que não precisaríamos de transfer na chegada, sugerimos se eles poderiam realizar o transfer na saída (hotel- aeroporto), ou seja, acabamos obtendo os 2 transfers.
A única desvantagem foi que tivemos que levar as bagagens para Águas Calientes. 


Avaliações dos hotéis:

*Hotel Costa del Sol Ramada Cusco  :


CUSCO


Apesar do incidente, tem ótima localização ( fica a um quarteirão da Plaza das Armas), rua tranquila, bom atendimento e muito boa avaliação dos hóspedes. Quantos aos quartos não posso avaliar. Mas caso volte a Cusco, dependendo das condições, me hospedarei neste hotel.  Transfer aeroporto- hotel. Pagamos a diária: 119,00 dólares.







* Aranwa Cusco Boutique hotel :

CUSCO

Maravilhoso, hotel 5 estrelas, localização, atendimento, café da manhã muito bom. Nos quartos tem ambientação com oxigênio para 1.800 metros, já que Cusco está a 3.400 metros. Diante de tantas qualidades, o preço condiz com seus serviços. Como ganhamos um upgrade pagamos o valor do hotel contratado (Costa del Sol Ramada). Observei o preço de sua diária no momento do check in: 440,00 dólares.




*Casa Andina Classic Machu Picchu  :

ÁGUAS CALIENTES

Para os padrões de Águas Calientes, adoramos. Ótima localização, ao lado da estação de trem e perto de tudo. Quando chegamos na estação já havia um funcionário nos esperando para carregar as malas até o hotel. Bom café da manhã. Levaram nossas malas para a estação de trem no momento da partida. Valor da diária que pagamos: 89,00 dólares.





* Sonesta Hotel Cusco  :
Muito bom. Maravilhoso café da manhã e transfer de chegada (no nosso caso foi saída). Localiza-se a 3 quadras da Plaza das Armas, em torno de 10 minutos andando. No nosso caso, esse ponto acabou virando uma vantagem, pois o hotel fica em frente a estação de ônibus onde desembarcamos na chegada de Águas Calientes. Além disso acabamos descobrindo em frente ao hotel tem o centro de artesanato mais barato de Cusco. Compramos quase todas as lembranças neste local.  Diária: 110,00 dólares.

Concluindo, não temos o que reclamar sobre os hotéis. Todos foram muito receptivos e ofereciam chá de coca  a qualquer momento para ambientação do mal da altitude (soroche). Leia sobre mal do soroche nos próximos posts.  


Faça sua busca de hotéis nas caixas do Booking.com , entre outros localizado neste blog. Somos afiliados e o blog ganha uma pequena comissão das reservas efetuadas a partir daqui. Você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.




Roteiro:

Então fechamos o roteiro da seguinte forma:

20/04 Chegada Cusco 12:30
21/04 Passeio ao Valle Sagrado  pela Fabulous Peru Tours (sendo que abandonamos o passeio em Ollantaytambo para pegar o trem para Águas Calientes), pernoitamos em Águas Calientes,
22/04 Saímos 05:00 da manhã pegar ônibus para Machu Picchu
22/04 17:40 Trem + ônibus de Águas Calientes para Cusco 
23/04  Cusco (city tour pela cidade e proximidades com Fabulous Peru Tours)
24/04 Cusco, partida às 17:50.

Com um roteiro tão apertado, foi necessário muita pesquisa para que nada saísse errado. Confesso que foi arriscado,  só nos restou rezar para que tudo desse certo (horários de voos, trens e tours). No final tudo deu certo!


COMPRA PASSAGENS DE TREM:


PERU


Escolhido a forma de deslocamento para Águas Calientes, partimos para compra de passagens do trem: 

Ollantaytambo - Águas Calientes 
 Águas Calientes- Cusco


OBS: Para comprar os tickets de trem você tem que escolher a opção de deslocamento para chegar em Machu Picchu.

Melhor comprar pela internet, acho mais seguro e você economizará tempo. Imagina chegar lá e não encontrar a passagem para o dia que você quer? 
No nosso caso estávamos com o roteiro apertado, tudo teria que ser nos horários determinados.


As empresas Peru Rail  e Inca Rail realizam venda de passagens de trem para Cusco, cidades do Vale Sagrado e Águas Calientes.
Segundo alguns blogs entre eles o Sundaycooks (aliás outro ótimo blog que sabe tudo sobre esta viagem, desde já agradeço sobre as ótimas informações), para comprar as passagens, você terá que possuir o cartão Visa  Verified by Visa. Verifique com a administradora do cartão.
Nós compramos  na Peru Rail (melhores indicações e preços) com o cartão Visa Banco do Brasil virtual e não tivemos problemas. Quando comprar escolha os lugares.
No site poderá comprar os tickets de ida e volta.
Adoramos a viagem de trem, principalmente na ida, onde tudo é novo. Os assentos são confortáveis e estão distribuídos 2 em 2 com uma mesa no meio. Servem lanche a bordo, tipo avião. Ah, o refrigerante da foto é inca cola. 

PERU



Tipos de trens da Peru Rail:

Hiram Bigham, Vistadome e Expedition.



Hiram Bigham: É o mais caro e luxuoso. Cerca de USD 298,00.  




PERU



Geralmente os turistas escolhem entre o Vistadome ou Expedition. Sendo que o primeiro é uma pouco mais superior  no serviço e no preço do que o segundo.  




PERU


Escolhemos o Vistadome  tanto para a ida, como para a volta . O que pesou na escolha foi a vista panorâmica.
Para ser sincera, externamente não vi muita diferença entre ambos. Os dois servem lanche e tem janelas panorâmicas. Porém um casal que fizemos amizade em Cusco (Geisa e Rafael) nos informaram que o Expedition sacoleja muito.





Que horário escolher ?

Ollantaytambo- Águas Calientes (ida):

Talvez essa foi a maior dúvida no planejamento do minha viagem. Queria um horário onde pudéssemos curtir o tour Vale Sagrado e também aproveitar um pouco de Águas Calientes.
Li muitos comentários e perguntei, alguns amigos e perguntei ao Fred da Fabulous Peru Tours se caso optássemos pelo horário de 15:37, conseguiríamos pegar o trem a tempo (convém registrar que o trem não é pontual, acho que é regra, o mesmo partiu somente às 16:20). Ele explicou que o tour de Ollantaytambo seria um pouco corrido, mas daria tempo. Porém o ideal seria o trem de 17:00 ou 18:30. Se ao menos tivesse horário de 16:00 ou 16:30. Mas não tinha essa opção.
Pensamos nos prós e contras e resolvemos arriscar no horário de 15:37 com chegada em Águas Calientes às 17:05.
Escolhemos este horário para poder chegar cedo em Águas Calientes, comprar logo os tickets de ônibus para o outro dia ir a Machu Picchu e curtir um pouco da cidade. O próximo trem seria o Expedition às 17:00 e chegaríamos mais tarde em Águas Calientes. 


Resultado: Gostaríamos  de aproveitar mais  o tour no sítio arqueológico de Ollantaytambo, que foi o lugar mais bonito no tour ao Vale Sagrado.


Dica: Para aproveitar melhor o sítio arquelógico de Ollantaytambo, aconselho comprar o ticket de 17:00. Porém chegará mais tarde em Águas Calientes e obviamente estará mais cansado, mas fica a dica...


PERU


Águas Calientes- Cusco (volta):


Compramos o horário de 17:23. Já que daria para visitar Machu Picchu, descer para Águas Calientes, almoçar com calma e fazer umas comprinhas no centro de artesanato. Deu tudo certo, chegamos de Machu Picchu às 14:00. Dava até para comprar para o horário de 16:30.



Em Cusco há duas estações de trem:

*Poroy: 25 minutos do centro de Cusco.
*Wanchaq: localizado 5 minutos do centro de Cusco. 


Quando entramos no site para comprar os tickets, a volta de Águas Calientes  para Cusco só existia a opção de chegada em Cusco para estação Wanchaq, até aí tudo bem, até que gostamos, ficaria mais perto do hotel, só que era uma estação rodoviária que localiza-se no mesmo local, ou seja, a viagem é da seguinte forma:



*Águas Calientes- Pachar (uma cidade do Vale Sagrado após Ollantaytambo) = trem;


PERU






*Pachar- Cusco = ônibus.

Na estação Pachar me pareceu ser o ponto final da viagem de trem, todos soltam e tem vários ônibus nos esperando para seguir para Cusco. Todos já estão cansados, pegamos aproximadamente 1:30 de viagem em estrada sinuosa de serra e o motorista corria muito. Chegamos em Cusco já eram quase 22:00 hs. Muito cansativo...







*Comprando entradas para Machu Picchu:

Compre de preferência com 3 meses de antecedência. Tem uma quantidade limite para acesso dependendo do ticket.


*Selecione o lugar= Machupicchu



*Tipo de ingresso:

-Machupicchu: 2.500 ingressos por dia.
Apenas para ingressar na cidade sagrada, que já é um grande esforço caminhar no seu interior.


-Machupicchu + museu


Nossa escolha: limite 400 ingressos (200 para cada horário) por dia.
-Machupicchu + Huaynapicchu (primeiro turno  entrada de 8:00 às 9:00)
-Machuppichu + Huaynapicchu (segundo turno de 10:00 às 11:00)



PERU





Ambos tickets são para ingressar numa montanha de 2.700 metros atrás de Machu Picchu. O acesso é por dentro do parque.

Informativo atualizado em Julho/2017:


Novas regras de visitação estabelecida pelo Ministério da Cultura do Peru à partir de Julho/2017. Mas para ficar bem esclarecido segue os pontos importantes:

* Tickets vendidos em dois turnos: manhã (06:00 ao meio-dia) e tarde (meio-dia às 17:30). Caso deseje passar o dia inteiro terá que comprar os tickets para os dois turnos separadamente.

*Limite de visitantes: 5.940 por dia, sendo 3.267 pela manhã e 2.673 à tarde.

*Tempo de permanência: 4 horas em cada turno. Com exceção para os visitantes que adquirirem o tickets com opção de das trilhas nas montanhas de Machu Picchu ou Wayna/Huayna Picchu, onde poderão permanecer no parque por sete horas (turno manhã) e seis horas (turno à tarde).

* Só será permitido visitar as ruínas com a presença de um guia credenciado que pode ser contratado na entrada do parque. Sendo dispensável sua presença nas trilhas das montanhas e em visitas extras no turno ou outro dia.




PERU
Para subir a montanha de Huayna Picchu você passará por trilhas e degraus bem exaustivo e íngreme. O passeio e a vista, vale muito à pena, mas só para quem tem preparo físico. Porque é muito cansativo. Tempo de subida e descida é de aproximadamente 2 horas (dependendo do seu preparo).
Farei um post somente sobre esta escalada.
Quanto a escolha de horários para ingressar, escolhemos o segundo turno (10:00- 11:00).
Escolhemos este horário para chegarmos cedo em Machupicchu (7:30), entrar por conta própria, tirar fotos em pontos estratégicos e com a cidade vazia (começa a encher por volta das 08:30 hs), conforme agendado retornamos para a portaria, encontramos o guia, entramos novamente com um grupo (o guia não dá muito tempo para fotos), passamos por explicações por toda a cidade e o guia nos deixou às 10:50 na entrada para Huaynapicchu.

Apesar de achar que este horário foi a melhor opção, a única desvantagem é que já estávamos cansados e ainda tivemos que escalar a gigantesca montanha.




-Machupicchu  13:00 hs


-Machupicchu + montanha (400 ingressos por dia):

Montanha de Machupicchu com caminhada e subida de 1:30, não é tão utilizada por turistas, mas dizem que o visual é belíssimo. 

No site depois de preencher a quantidade de ingressos, passará para o passo 2 (dados pessoais) e passo 3, onde você confirma e gera reserva. Aparecerá nova janela com nº da reserva. Anote. No alto da página (lado esquerdo), clique em pagos, coloque o número da reserva para realizar o pagamento. Clique em pagar- enviar. Abrirá a página do Visa e coloque dados para pagamento. 

Após a confirmação de pagamento, volte para página de compra, clicar em check in, colocar código reserva e imprimir.

PERU


Pronto você está com seu ticket, é só apresentar junto com passaporte na entrada de Machu Picchu.

DICA: Não deixe de levar seu passaporte para Machu Picchu, após a entrada do seu lado esquerdo tem uma mesinha onde você poderá carimba-lo  com a marca de Machu Picchu. Começam a carimbar à partir das 9:00.



Tickets ônibus para Machu Picchu:

Chegando em Águas Calientes pergunte no hotel onde é a estação que vende os tickets do ônibus para Machu Picchu. Não tem erro, a cidade é pequenina, cortada por uma linha de trem e é fácil de encontrar. É melhor comprar um dia antes para não perder tempo no dia do embarque, fica aberto até 21:00 hs.

Valor: 24 dólares (ida e volta).


MACHU PICCHU








IDA





VOLTA







*BOLETO TURÍSTICO PARA ALGUMAS ATRAÇÕES CUSCO E VALE SAGRADO:





CUSCO





Você precisará comprar esse boleto para ingressar em 16 (maioria)  pontos turísticos, incluindo Cusco e Vale Sagrado.


Pontos turísticos que estão no boleto:
Em Cusco:
-Monumento Pachacuteq
-Centro Qosqo de Arte Nativo
-Museu de arte popular
-Museu histórico regional
-Museu Municipal de Arte Contemporânea
-Museu de Sítio del Qoricancha


Nas Proximidades de Cusco:

-Tambomachay (City tour Cusco)
-Pukapukara     (City tour Cusco)
-Saqsayhuaman (City tour Cusco)
-Tipón              (City tour Cusco)           


 Tour Vale Sagrado 1:

-Pisac
-Ollantaytambo


Tour Vale Sagrado 2:

-Moray
-Chinchero
-Pikillactá


Este boleto você poderá comprar na entrada do primeiro ponto turístico que faz parte desse boleto. No nosso caso compramos em Pisac, primeira parada do tour no Vale Sagrado.
Importante: O valor para 1 dia é 70,00 soles, porém você não conseguirá ir em todos ou quase todos em 1 só dia. Só compre este tipo de boleto, caso não vá fazer outros passeios em Cusco e Vale Sagrado.
Para quem irá realizar outros tours no Vale Sagrado e Cusco compre o boleto de 10 dias, valor 130,00 soles. 
Como íamos fazer o city tour em Cusco optamos por comprar o boleto de 130,00 soles (neste city tour terá que comprar mais 2 boletos extras)




CUSCO




Moeda:

Levamos dólares e trocamos aos poucos por soles em casas de câmbio na cidade de Cusco. Pagamos 1 dólar para cada 3,12 soles.
Dica: troque aos poucos para não sobrar soles.
Um casal que conhecemos em Cusco (Geisa e Rafael) nos informaram que as taxas de Cusco são melhores do que em Lima.


E para finalizar, não esqueça de levar um medicamento para enjoo, relaxante muscular, protetor solar e boné.


Ufa, acho que acabei o primeiro e um dos mais importantes posts sobre viagem Cusco e Machu Picchu. 
Graças à Deus e ao meu esforço de pesquisar muito, tudo saiu bem (horários voos, trens, tour, etc). 
Espero ter ajudado. Aguardem os próximos posts sobre essa viagem.

E você tem algum comentário, dica ou dúvida sobre esse post? Compartilhe conosco na área de comentários abaixo do post. Desde já agradeço.




*Reserve ou compre usando os banners e links de parceiros localizado neste blog. Ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.





O blog realizou o tour a convite da empresa Fabulous Tours e relatei minha sincera opinião sobre os seus serviços.


Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:


    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ /  YOU TUBE



Realizar um planejamento de viagem é muito difícil, porém muito prazeroso. O mesmo digo sobre escrever um blog sobre viagens. Por esse motivo, não poderia deixar de agradecer pessoas que assim como eu, compartilham suas experiências e nos ajudam a transformar sonhos em realidade.


Posts sobre viagem Peru: 


Nesta viagem um grupo que não poderia esquecer de agradecer: 


 


-Caio Barros e Camila Specht pelas ótimas dicas.
-Fred da empresa  Fabulous Peru Tours , sem dúvida uma ótima pessoa e extremamente  profissional. Indico seus serviços com certeza.
- Fábio Pastorello do blog Viagens Cinematográficas, uma ótima pessoa, no qual conheci  (virtualmente) através de pesquisas sobre esta viagem e foi super atencioso diante de minhas dúvidas. 
-Blog Sundaycooks.
-Blog Viagenaviagem.
- Priscila Reis do Blog Voali.


O ser humano não nasce sabendo, sempre precisaremos do próximo (seja quem for) para aprender algo. Fica a dica. 

E você tem algum comentário ou dica sobre este post? Deixe seu comentário abaixo deste post. Desde já agradeço.

Até a próxima... 








Um comentário:

  1. Olá gente!
    primeiramente parabéns pelo blog, sensacional suas dicas!!
    É uma experiência agradável viajar para Machu Picchu, onde você tem a oportunidade de ver paisagens muito bonitos e interessantes, também você deve têm muito energia para chegar lá e desfrutar das maravilhas de Machu Picchu.
    para mais informação visite nosso site >
    https://www.machupicchupacotes.com.br/ estamos a sua disposição, abraços para todos.

    ResponderExcluir

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.