https://4.bp.blogspot.com/-s5OMG5PIPYQ/VVfGYmGcWBI/AAAAAAAAOwM/XCSpmN1JvBc/s640/DSC09152.jpg

MAL DO SOROCHE, COMO EVITAR E TRATAR



Combatendo o mal do soroche.


PERU


Sabe aquela dor de cabeça que vem acompanhada de enjoo quando você visita destinos com elevadas altitudes?
Isso chama-se mal do soroche ou mal da altitude.
Leia neste post os principais sintomas, dicas para evitar ou diminuir os efeitos do mal de soroche ou mal de altitude.

Minha primeira sofrência com  esse tal mal do soroche foi na nossa primeira viagem a Santiago do Chile, quando realizamos um passeio nas estações de esqui Valle Nevado e Farellones.  (3.100 metros de altitude).
Parece que não aprendi e quando visitei Cusco  no Peru, localizado a 3.400 metros de altitude não tomei os devidos cuidados e voltei a sofrer novamente.

Recentemente (Abril/2018) viajamos para o Deserto do Atacama e Salar de Uyuni, chegamos a pegar 5.000 metros de altitude e a única coisa que senti foi uma pequena dor de cabeça no primeiro dia em San pedro de Atacama.

Foi aí que resolvi escrever um post específico sobre esse inconveniente capaz de estragar uma viagem.

Mas do que se trata esse tal Mal do Soroche?

São sintomas relacionados ao efeito da altitude, causada pela escassez de oxigênio em elevadas altitudes, normalmente acima de 2.400 metros.

Principais sintomas:

Náuseas, dor de cabeça, mal estar e tontura.


Dicas para evitar ou diminuir os efeitos do Mal do Soroche:

*Minha primeira recomendação é levar na bagagem seu remédio para dor de cabeça e enjoo.


*Oxishot:


Uma amiga, sugeriu  comprar oxigênio no aeroporto. Trata-se de spray de oxigênio, vende em farmácias.

*Evite esforços:

O ideal é, quando você chegar no destino, tente realizar o mínimo de esforço possível, já que  qualquer força, sentimos um cansaço enorme. Até mesmo uma simples caminhada.
Mas você já viu algum turista parado, descansando?
Quase impossível, eu por exemplo chego com uma enorme vontade de conhecer tudo ao mesmo tempo. Acha que iria ficar parada? 
Um remédio popular muito usado no Equador, Peru e Bolívia para evitar o mal do soroche é um chá feito a partir da folha de coca. Leia mais adiante.

*Respiração:

Certa vez, vi um programa sobre o Deserto do Atacama , onde uma médica deu a dica para caminhar 10 passos, parar por alguns segundos, descansar e  continuar andando, sempre inspirando pelo nariz e expirando pela boca.


* Sorojchi Pills


Remédio que também vende nas farmácias, ele diminui os efeitos do Soroche. Nada mais é que acetilsalicílico e cafeína. Também não comprei. Os locais dizem que funciona.


*Tome chá de coca.
Em destinos da América do Sul  com elevadas altitudes costumam vender ou oferecer em restaurantes e hotéis o chá de coca. Aliás na recepção  da maioria dos hotéis e restaurantes tem sempre uma mesa com essa iguaria. Você coloca xícara a água fervida e joga folhas por cima.


CUSCO


 Faça sua busca de hotéis  na caixas do Booking.com  localizado neste blog. Somos afiliado e o blog ganha uma pequena comissão das reservas efetuadas a partir daqui. Você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.




*Mastigar folhas de coca:

Mascar a folha de coca também ajuda a diminuir  o efeito do mal do soroche. Locais costumam caminhar pelas ruas  mastigando  folhas de coca. Os guias dos tours também estão sempre oferecendo aos turistas.
CUSCO

Então dá-lhe chá de coca. Acho amargo, mas com medo de passar mal tomo várias vezes durante a viagem.

E o que o mal do soroche fez comigo em Cusco?

Dor de cabeça, náuseas e vômitos no primeiro dia da viagem. O jeito foi correr para o hotel e tentar descansar. A minha sorte é que os quartos do hotel Aranwa tem ambientação com oxigênio.


Fica a dica: fique quietinho no primeiro dia para ambientação da altitude, tome chá de coca, mastigue folha de coca e leve seus remedinhos para dor de cabeça e enjoo.

E você tem alguma dica sobre como amenizar o mal do soroche ? Escreva na área de comentários abaixo do post. Desde já agradeço.


Posts sobre viagem ao Peru:



Faça sua busca de hotéis e voos nas caixas do Booking.com e Gol localizado neste blog. Somos afiliados e o blog ganha uma pequena comissão das reservas efetuadas a partir daqui. Você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.


Alugue seu carro na Rentcars.com, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.




Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:


    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ / 

 YOU TUBE   Pinterest




Saúde, paz e fé!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.