https://4.bp.blogspot.com/-kpWK8vz2v4w/W4hM7NX9saI/AAAAAAAAuO0/IyWAkG5DFA86zEV1sJP5axj5aqY-yEFXQCLcBGAs/s640/Salar%2Bde%2BUyuni.png

SALAR DE UYUNI, TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER

Bolívia
Praça da Bandeiras, Salar de Uyuni, Bolívia. Foto: Luciane Mattos
Salar de Uyuni,  o maior e mais alto deserto de Sal do mundo com aproximadamente 12 mil km² e 3.500 metros de altitude, localizado na cidade de Uyuni, no departamento de Potosí sudoeste da  Bolívia.

Realizamos a travessia entre o Deserto do Atacama e Salar de Uyuni e revelo tudo neste post.

Leia:
Tudo o que você precisa saber para planejar sua viagem ao Salar do Uyuni na Bolívia.
Tipos de tours para o Salar de Uyuni saindo do Atacama.
Tour privado ao Salar do Uyuni saindo do Deserto do Atacama.
Como chegar no Salar de Uyuni.
Qual a melhor época de visitar o Salar de Uyuni.

Antes de mais nada, anota aí:
Conhecer esse "mar" de sal formado a milhares de anos atrás, decorrente do ressecamento de lagos pré-históricos e escoamento do mar, é sem sombra de dúvidas uma das experiências mais  incríveis  da sua vida.

Até poucos anos atrás, quando pesquisava sobre a aventura de como chegar no Salar de Uyunios relatos eram desanimadores... 😢

"Muito perrengue, cansativo, frio, alojamentos com banheiros compartilhados e água fria, acomodações sem calefação, refeições e higiene precárias, transporte compartilhado com mais seis pessoas mais o motorista,  atravessando por horas e dias um deserto de areia e pó." 😡
Bolívia
Estrada de terra que liga Deserto do Atacama e Salar de Uyuni. 

O que para muitos pode ser besteira, para nós que já não somos tão novinhos, pode transformar uma viagem em um verdadeiro pesadelo.

Foi aí que uma amiga, a Carla do Asas pra que te querocujo perfil é bem parecido com o nosso, visitou ano passado o Atacama  realizou essa expedição ao Salar de Uyuni de forma privada, como ela mesmo diz,  uma  "viagem Nutella", ou seja, sem "muitos" perrengues, com uma certa dose de mordomia e hotéis bem confortáveis.

Depois de tirar todas as dúvidas em sites como Viaje na ViagemTripAdvisor e ter realmente a certeza de que não entraríamos numa fria, começamos o planejamento da nossa tão sonhada viagem ao Deserto do  Atacama e Salar de Uyuni.

Gostamos de sair do Brasil com tudo no esquema, pesquisamos algumas empresas de turismo local e optamos pelo tour privado de três dias com a Ayllu Atacamasaindo e retornando para San Pedro de Atacama. Aliás essa foi a empresa escolhida para todos os passeios da viagem (Atacama + Salar de Uyuni). Super indico, serviço top de linha. Eles se encarregaram de marcar tudo. Nosso único trabalho foi pagar e viajar. 😊

Leia: Roteiro Deserto do Atacama e Salar de Uyuni.


➤Como chegar no Salar de Uyuni?

● Chile:
Santiago do Chile ✈ Calama  🚙  San pedro de Atacama  🚙  Salar de  Uyuni .
Leia: Como chegar no Deserto do Atacama.


● Bolívia:
 Via La Paz 🚏 / ✈ Uyuni.



➤Quando visitar ao Salar de Uyuni?

Não tem melhor época para visitar o Salar de Uyuni, ele é lindo durante o ano inteiro, mas dependendo da estação, pode oferecer diferentes tipos de cenários, com vantagens e desvantagens. Basta você escolher o período que combina melhor com seu perfil.

● Inverno = salar seco.
Abril à Novembro, estação seca, porém, quanto mais próximo de Julho, mais frio e é frio mesmo! A planície de sal fica seca, formando  crostas. Posso falar: É lindooo!!!
Bolívia
Salar de Uyuni seco, Bolívia.

● Verão = salar alagado.

Dezembro à Março, considerado a estação das chuvas,  a temperatura é mais agradável. Mais fácil encontrar um cenário de espelho d`água, isso quer dizer que a superfície do salar forma uma camada de água decorrente das chuvas e derretimento da neve que vem das montanhas. O cenário é incrível e as fotos... bem a fotos, basta apreciar.
Vale lembrar que dependendo da quantidade de chuvas, alguns lugares podem fechar.
Bolívia
Salar de Uyuni alagado. Bolívia.

E qual época vocês escolheram? 😰

Bom, gostamos de vivenciar todas as experiências possíveis, escolhemos viajar num período intermediário, assim aumentaria a probabilidade de conhecer os dois tipos de cenários, seco e molhado, e ainda assim, não enfrentaríamos temperaturas tão baixas, mas vou adiantando pegamos frio viu. Depois de muita pesquisa observei que o final de Abril e início de Maio seria um bom período.
Foi a melhor escolha, o Salar estava 50% seco e 50% molhado. Mas... como nada é perfeito,  não conseguimos conhecer a ilha dos  cactos gigantes em meio ao salar- Ilha Incahuasi, por conta de estar alagado. 😓


Temperatura em Abril de 2018:

Durante a expedição entre San Pedro de Atacama e Salar de Uyuni chegamos a pegar -14º na primeira noite. Durante o dia a temperatura variava entre -5º  a 10º. Imagina no inverno!!! ⛄

Fato curioso foi que no retorno para San Pedro de Atacama, inesperadamente pegamos neve, neve mesmo, caindo, na fronteira com o Chile.



➤Tipos de tour para o Salar de Uyuni:


Existem  tours para todos os tipos de perfis e bolsos, que variam  entre  3 ou 4 dias.

Você também pode escolher apenas a travessia:

Salar de Uyuni- Atacama ou vice- versa e seguir viagem. Claro que o valor é mais baixo em relação a expedição ida e volta. Observei também que o valor saindo do Salar de Uyuni para o Atacama é mais em conta . Deve ser porque  o tour  é realizado por empresas bolivianas contratadas por agências do Atacama.


● Tour  Privado:  (Nossa escolha)

Bolívia
Salar de Uyuni, Bolívia: Tour privado para quatro pessoas. Nós com as amigas Lúcia e Luciane.
Um pacote fechado para até quatro pessoas. O valor é único, independente do nº de passageiros, ou seja, fica mais em conta se você arrumar três amigos. No nosso caso, viajamos o casal mais duas amigas.


✓ Transporte do hotel até a fronteira da Bolívia.
✓ Transporte veículo 4X4 em todo território boliviano.
✓ Guia multifuncional : "faz tudo", motorista, cozinheiro, garçom etc.
✓ Água mineral, lanche e almoço (com bebidas: água, suco, cerveja  e vinho).
✓ Hospedagem em  hotéis top de linha com calefação e refeições incluídas. Bebidas à parte.
✓ Galochas para usar no Salar alagado.
✓ Almoço em meio ao Salar de Uyuni.


Hotéis do tour privado ao  Salar de Uyuni:


*Los Flamingos Eco Hotel:


Foi o hotel que pernoitamos na primeira noite da expedição, localizado na Laguna Helionda, já na Bolívia. Depois de um dia inteiro percorrendo o deserto, a única coisa que desejamos é um banho quentinho, uma comida gostosa e uma cama confortável. Simplesmente amamos a experiência e o hotel. Chegamos a pegar -14 graus celsius durante a madrugada.
Bolívia
Laguna Helionda, fachada e dependências do Los Flamingos.


► Hotel de Sal Cristal Samaña

Localizado de frente para o Salar. Simplesmente incrível. Um hotel construído em boa parte de sal .
Bolívia
Hotel Cristal Samaña, Salar de Uyuni, Bolívia.

● Tour compartilhado: 

✓ Como diz o nome, você compartilha todo o  passeio com mais seis viajantes. 
✓ Transporte 4X4.
✓ Guia/motorista faz tudo.
✓ Hospedagem hostel/ alojamentos + refeições (simples). Dizem que os banheiros são compartilhados, alguns com água  fria. Recomendam levar papel higiênico, mínimo de 4 litros de água e alimentos.
✓ Em comparação ao tour privado é bem mais em conta.


A Mônica do  Leve sem destino fez o tour compartilhado e conta detalhes no seu blog, vale a pena conferir. 



 Salar de Uyuni com carro particular:

Sinceramente não recomendo e não vi nenhum carro particular no caminho. As estradas são de terra, não tem sinalização, podendo facilmente se perder no deserto. Além disso não tem sinal de celular e  GPS.


➤ Quanto levar em dinheiro:

Para o tour  PRIVADO de 3 dias (bate-e-volta: Atacama- Salar- Atacama) a empresa recomendou levar 300 bolivianos.

⇨ 150 para pagar taxa de entrada ao Parque  Nacional Eduardo Avaroa. Não tem jeito, tem que pagar, boa parte dos parques e paradas pertencem ao parque.

⇨ 150 para  extras como gorjeta do guia, lembranças, banheiros durante a viagem,  bebidas de consumo nos hotéis e algumas coisitas a mais. No nosso caso deu certinho.
Não fomos informados,  mas no retorno para San Pedro de Atacama, na imigração boliviana, nos cobraram 15 bolivianos para sair do país.

Lembre-se, esse valor foi indicado para o tour privado, que já está incluído refeições durante toda expedição, água e hospedagem.



Como é realizado o tour para o Salar de Uyuni saindo do Atacama?

A van da Ayllu passou no hotel às 7:30 da manhã. Éramos 8 pessoas mais o motorista. Partimos em direção a fronteira com a Bolívia, aproximadamente 50 minutos de estrada de asfalto. 
Carinhosamente eles oferecem um kit de café da manhã para cada "aventureiro", com suco em caixinha, frutas, iogurte, biscoito e sanduíche de pão de forma e queijo.

Na imigração chilena, é necessário sair do veículo com a bagagens, porque eles abrem e olham tuuuudoooo. Tenha em mãos o passaporte ou ID, carteira de vacinação de febre amarela,  mais o documento de imigração que você recebeu assim que entrou no país. Detalhe, os funcionários da imigração não são nem um pouquinho simpáticos. 
Chile
Imigração do Chile na fronteira com a Bolívia.
Dica: Todas as empresas saem cedo, formando uma fila bem grandinha na fronteira. Tente não atrasar. No nosso caso, o grupo que estava em outro hotel atrasou e perdemos quase uma hora esperando para passar na imigração.

Aproximadamente 1 km depois chegamos na imigração boliviana, beeeem mais modesta, comparando com a chilena. É ali que os veículos 4X4 com os guias de empresas  bolivianas contratadas pelas agências do Chile nos esperam. Aproveite para ir no banheiro.

Nosso guia já nos aguardava e fomos divididos em dois carros, cada um com quatro viajantes mais esse guia faz tudo (motorista, cozinheiro, mecânico). Como estávamos realizando o tour com a mesma empresa, os dois carros estavam sempre juntos durante toda a viagem, um dando suporte ao outro.

Um pouco mais adiante pagamos a taxa de 150 pesos para o acesso ao Parque  Nacional Eduardo Avaroa, recebemos um ticket  no qual preenchemos com nome e número do documento. Guarde-o  porque será  necessário apresentar em vários pontos da viagem, tanto na ida como na volta.

A partir dali  a aventura começa pra vale...


Mapa da Expedição Salar de Uyuni.


Bolívia
Mapa tour Deserto do Atacama- Salar de Uyuni.



  Roteiro Deserto do Atacama ➯ Salar de Uyuni ➯ Deserto do Atacama.


1º dia:


San Pedro de Atacama ➯ Laguna Helionda

● Imigração Chile.

● Imigração Bolívia.

● Entrada Parque Nacional Eduardo Avaroa.

Laguna Blanca
Bolívia
Foto panorâmica laguna Blanca, Bolívia.


Laguna VerdeMirante vulcão Licancabur.
Bolívia
Laguna Verde e Vulcão Licancabur, Bolívia.


Deserto Salvador Dalí.


Bolívia
Deserto Salvador Dali, Bolívia.


Termas de Polques (piscina termal).
Bolívia
Terma del Polques, Bolívia.


Localizada no Salar de Chalviri. Para entrar na piscina paga-se 6 bolivianos. 
Almoçamos em um restaurante do local.


Bolívia
Flamingos no salar, Bolívia.



Geysers Sol de Mañana

Local onde pegamos a maior altitude: 5.300 metros. Ao contrário do Geiser el Tatio (Atacama), o cheiro de enxofre é bem forte, por conta disso não é recomendado permanecer no local por muito tempo.
Bolívia
Geysers Sol de Mañana, Bolívia.


Laguna Colorada:

Uma das mais belas lagunas de todo passeio, tem uma coloração avermelhada  e repleta de flamingos.
Bolívia
Laguna Colorada, Bolívia.


●Arbol de Piedra.
Bolívia
Arbol de Piedra e demais formações rochosas, Bolívia.

Lagunas Honda e Chiarcota.

Laguna Helionda.
Bolívia
Laguna Helionda, Bolívia.


Los Flamengos Eco Hotel
Localizado na Laguna Helionda.
Bolívia
Los Flamengos Eco Hotel, Bolívia.

Dia 2:

Laguna Helionda  Salar de Uyuni:

Laguna Cañapa

Mirador vulcão Ollague
Bolívia
Mirador e vulcão Ollague ao fundo, Bolívia. Foto: Luciane Mattos


Cidade de Uyuni.


●  Salar de Uyuni.


Entrada na maior planície de sal do mundo.

Post completo, leia : O que fazer no Salar de Uyuni: Roteiro e fotos.

● Almoço no Salar de Uyuni.

Monumento Rally Dakar.
Bolívia
Monumento Rally Dakar, Salar de Uyuni, Bolívia. Foto: Luciane Mattos


Praça da Bandeiras.
Foto de capa do post.

Ilha Incahusi.

A ilha em meio ao salar repleta de cactus gigantes. Como parte do salar encontrava-se alagado, não pudemos visitar.

Pôr do Sol Salar do Uyuni.
Bolívia
Pôr do Sol no Salar de Uyuni alagado. Bolívia. Foto: Luciane Mattos


Hotel da Sal Cristal Samaña .
Salar de Uyuni
Hotel todo construído em sal de frente para o Salar de Uyuni, Bolívia.



Dia 3:


Salar de Uyuni  Deserto do Atacama.

●Cemeterio de trens.
Uyuni
Cemitério de trens, Uyuni, Bolívia. Foto: Luciane Mattos


● Povoado San Cristoban.

●Valle de Rocas.


Bolívia
Formações rochosas no Valle de Rocas, Bolívia. Foto: Luciane Mattos


●Villa Mar: Um povoado com meia dúzia de casas no meio do nada.

Nosso almoço foi servido no refeitório de um hostel. 

●Laguna Capina.


Bolívia
Laguna Capina, Bolívia.


●Passagem pela fronteira boliviana 17h.

Encontramos com  a van da empresa Ayllu neste  local.

● Passagem pela fronteira chilena 17:30.

Fato curioso, a imigração chilena fecha às 18h, portanto caso você chegue no local após esse horário terá que pernoitar por lá mesmo até a abertura no outro dia. 




Curiosidades e dicas:



💬 Procure reservar os primeiros dias para aclimatação do organismo a elevadas altitudes,  com intuito de não sofrer com o temido como mal do soroche.
Mais informações, leia o post : Como combater o Mal do Soroche/ Mal da altitude.

💬 Apesar do nosso tour ser privado e oferecer algumas mordomias, essa expedição não é fácil. Atingimos mais de 5.000 metros de altitude, frio, o caminho é todo em estrada . Mas  o visual é recompensador.

💬 Procure ser pontual, principalmente na saída para a fronteira com o Chile. Todas as empresas saem no mesmo horário, ocasionando uma fila enorme de vans. O grupo que estava em outro hotel atrasou, conclusão, atrasamos quase uma hora.

💬 Caso realize a expedição bate e volta, leve na bagagem apenas o necessário para os três dias e deixe o extra na pousada do Atacama.

💬 Leve água, barra de cereal, papel higiênico, lenço umedecido, filtro solar, protetor labial, gorro, um bom casado (faz frio hein) e óculos de Sol.

💬 Bolsinha de primeiros socorros: soro para lavar o nariz e os olhos por conta da poeira, antialérgico, antitérmico, protetor labial e remédio para enjoo.


Realizamos a  expedição de 3 dias Atacama - Salar de Uyuni - Atacama com a empresa Aylluatacama e recebemos  um com desconto no valor total do tour. Expressei aqui minha sincera opinião sobre a empresa. Desde já agradeço o convite e a confiança.


Agradecimentos: 

💗 Carla do blog Asas pra que te quero . Sem sombra de dúvidas foi através da viagem dessa amiga que toda expedição Deserto do Atacama e Salar do Uyuni se concretizou.

💗 Luciane Mattos, amiga e fotógrafa preferida, que mesmo em viagem de férias, nos clicou em lugares lindos e realizou um ensaio fotográfico magnífico.


Tem dúvidas sobre o Salar de Uyuni?
Escreva na área de comentários, terei o maior prazer em ajudar.


Posts sobre o Deserto do Atacama: 



Geiser del Tatio


Posts sobre o Chile: 


Faça sua busca de hotéis e voos nas caixas do Booking.com e Gol localizado neste blog. Somos afiliados e o blog ganha uma pequena comissão das reservas efetuadas a partir daqui. Você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.


Alugue seu carro na Rentcars.com, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.





Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:



    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ / 

 YOU TUBE   Pinterest



Saúde, paz e fé!

3 comentários:

  1. Gentemmmm, um dia eu quero chegar nesse padrão. Que TUDO!!
    Hotelzinho confortável com calefação, vinho e muito "lusssho"! eheheheh...
    Olha, ainda bem que não passamos grandes perrengues e encontramos água quente pro banho, mas não consigo me imaginar pegando temperaturas de -14 graus!! Deuzulivre! Só quero fazer essa travessia de novo, no inverno, se for do jeito que vcs fizeram! rsrs :)

    Parabéns pelo post, ficou lindo!

    E obrigada pela menção!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi demais e inesquecível. Obrigado querida, bjão

      Excluir
  2. Uau que mar branco lindo. Seráque um dia conseguirei conhecer?

    ResponderExcluir

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.