TERMAS DE PURITAMA, O OÁSIS DO DESERTO DO ATACAMA


Deserto do Atacama
Termas de Puritama, o oásis de águas termais do Deserto do Atacama.
Um dos passeios mais relaxantes do Deserto do Atacama, as Termas de Puritama é um verdadeiro oásis com águas termais aquecida pelo vulcãolocalizada a 3.500 metros de altitude  em meio a um cânion rodeado por pedras e uma vegetação nativa demasiadamente brilhante.
Leia neste post os principais tópicos.
Como é o tour Termas de Puritama no Deserto do Atacama?
Termas de Puritama, as águas termais do Deserto do Atacama.
Vale a pena fazer o passeio Termas de Puritama no Deserto do Atacama?
Dicas de passeio no Deserto do Atacama.

Localizada em uma propriedade particular a 35 km de San Pedro de Atacama, Termas de Puritama na língua indígena significa "águas quentes".


Você encontrará todas as dicas, hotéis, passeios e planejamento da viagem ao Deserto do Atacama e Salar do Uyuni, neste post 👇👇👇👇:


A parte da manhã do nosso terceiro dia no Atacama foi destinado para curtir esse complexo de oito piscinas termais interligadas por pequenas cachoeiras de águas com  poderes  medicinais, decorrente de alguns minerais presentes no Rio Puritama. Com temperatura variando entre 28 a 35 graus,  a primeira piscina não é permitido visitar, pois é exclusiva  para hóspedes de um resort que administra o local. Mas o que os olhos não veem o coração não sente, então nem sentimos falta, as outras sete lagoas foram suficientes e  nos proporcionaram um dos momentos mais descontraídos do viagem.

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Primeira cachoeira onde a água é mais quentinha.
Sem falar na beleza do cenário, um rio margeado com uma vegetação dourada (diferente de tudo que já vi) característica da região chamado capim-elefante, além de pedras depositadas no seu interior. 

Aliás vou avisando, o que mais você verá neste post será fotos douradas de um rio emoldurado com esse capim que mais parece "blogueira" fazendo ensaio fotográfico 😄. Acho que ele sente que é diferente, lindo e fotogênico, porque adora posar para fotos, chegando a camuflar o verdadeiro protagonista do passeio, o rio.  
Para dizer a verdade, eles fazem um casamento perfeito, o local não teria todo seu encanto, caso estivessem separados.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Vista panorâmica do rio com sua vegetação dourada.

Como é o tour nas Termas de Puritama?

Realizamos todos os passeios com a Ayllu Atacama, vale repetir que essa empresa é "1.000" e faz toda a diferença quando assunto é conforto, bem estar e mordomia aos seus clientes. 

O micro-ônibus nos buscou no hotel às 7:30 da manhã com o guia e o motorista. Éramos em torno de dez pessoas, todos brasileiros. A estrada até o destino tem boas condições, apenas a parte final após a entrada era de terra.

Além do  do passeio  é necessário pagar o valor da  entrada:
Adultos: 15.000 pesos
Maiores de 60 anos: 5.000 pesos.
Crianças de 3 a 12 anos: 7.000 pesos.

Apesar do local ser visitado por turistas em sua grande parte clientes de agências, algumas pessoas vão por conta própria e estacionam o carro lá em cima, logo após a entrada, sendo necessário descer o vale  caminhando, mais ou menos 500 metros.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Estrada de acesso ao complexo.

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Entrada do complexo.
Já as empresas de turismo,  descem a montanha e nos bem ao ladinho da ponte que dá acesso a todo complexo.
Foi justamente neste trecho de terra que fomos presenteados com a presença de uma  raposinha, animal característico da região que corre risco de extinção.
Chile
Termas de Puritama: Raposa que até posou para as fotos.

Infraestrutura do local:

O complexo é bem preparado para receber turistas, tem vestiários, banheiros e uma área de piquenique com vista para o rio, onde foi servido nosso almoço.


Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Área de piquenique do complexo.

O guia nos ofereceu um  roupão, que considero indispensável para percorrer todo complexo, entrando e saindo das piscinas. Para conhecer as sete lagoas é necessário sair da piscina e 
caminhar por um deck de madeira até chegar na próxima. Com a água quentinha ficaria difícil encarar a temperatura externa sem esse mimo.

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Acesso as lagoas com o roupão, um mimo da Ayllu Atacama.

Lagoas e cachoeiras termais:

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Rio visto da área de piquenique.

Quanto mais alta a piscina, mais quente é a água.
A primeira lagoa é a mais quentinha, propositalmente enche mais.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Percurso do rio.

Primeira cachoeira:

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: primeira cachoeira e a que dá para receber uma massagem revigorante.

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Grupo numa verdadeira animação.

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: um cantinho vazio.

Visão da parte onde forma a maior piscina natural.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: piscina natural.

Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Aquela foto que vale a pena registrar, uma forma de agradecimento.

E também teve um pequeno ensaio fotográfico registrado pela fotógrafa e amiga Luciane Mattos. Adoro posar para suas lentes. Confere essas duas próximas fotos! 
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Saudando aquele lugar mágico.
Aquela foto romântica que não resistimos e claro não pode faltar! Porque o amor não tem idade, certo ?
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Também teve foto romântica.

Última lagoa: Essa estava repleta de apachetas, esses montinhos de pedras que fazem parte do cenário do deserto.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: última lagoa, observe as apachetas nas pedra.

Difícil foi sair daquela água deliciosa, mas a fome bateu e uma boa causa nos aguardava, o almoço.


Almoço oferecido pela  Ayllu  nas Termas de Puritama.

Enquanto estávamos passando por todo aquele difícil processo de relaxamento e descontração, nosso guia estava providenciando um verdadeiro banquete a base da culinária chilena (ceviche com camarões e salmão, quinoa, salada variada, petiscos e espetinho de frutas) acompanhado de vinho branco e suco. 
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Verdadeiro banquete oferecido pelo nosso guia da Ayllu.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Mesa do almoço da Ayllu, simplesmente espetacular.


Viver é uma arte, brindar faz parte, então tim tim.
Deserto do Atacama
Termas de Puritama: precisa dizer que foi delicioso?

Depois de toda essa descontração, deixamos o paraíso aproximadamente 14 horas. Retornamos para San Pedro. No período da tarde (15:30)  outro passeio nos aguardava, e que passeio... Vale de La Luna, aguarde os próximos posts.


Ficha técnica do passeio Termas de Puritama 
com Ayllu Atacama:

Horário: 8:30 às 14 horas ou 14h às 18:30.
Altitude: 2.500
Entrada do complexo:
Segunda a sexta:
Manhã: $15.000 / Tarde: $9.000
Sab e Dom: $15.000.
Preços especiais acima de 60 anos e crianças 3 a 12 anos.
Almoço : Ceviche, vinho branco mais acompanhamentos.
Empresa oferece roupão.
👙 (levar roupa de banho).
Temperatura local: 05 a 25 graus.
Águas termais: 28 a 35 graus.



Dicas:


Deserto do Atacama
Termas de Puritama: Encantada e revigorada.
💬 Esse tour é perfeito para ser realizado em duas ocasiões:

Início da viagem: Como não está localizado numa altitude tão alta, vale conhecer nos primeiros dias, assim seu corpo vai se acostumando com a altitude e relaxando da viagem até San Pedro.

Final da viagem: Depois de uma carga de passeios, correria, acordar muito  cedo, não vou te enganar que  fica o cansaço. Nada melhor do que o relaxar seu corpinho  em piscinas termais com temperaturas de aproximadamente 30 graus.

💬 Segundo o guia as empresas oferecem o passeio em dois turnos: manhã e tarde. Sendo que a parte da manhã costuma ser mais vazio.

💬 Caso visite na parte da manhã, saia com um casaco e a roupa de banho por baixo. 

💬 Vá com trajes de banho por baixo da roupa, mesmo que você não tenha intenção de entrar. Tenho certeza que não resistirá...

💬 Nem todas as empresas oferecem roupão, certifique com a empresa contratada se eles proporcionam esse mimo que recebemos da Ayllu. Caso contrário, vale a pena levar uma toalha.

💬 O mesmo acontece com o almoço oferecido, no período que estávamos lá, apenas a Ayllu serviu o almoço.

💬 Leve chinelos para caminhar entre uma piscina e outra. Se soubesse até levaria aqueles calçados de borracha que usamos em praias com pedras.

💬 Como o passeio é de meio período, dá para incluir outro passeio no mesmo dia. Nós fizemos o Valle de la Luna a tarde.

💬 Por último, vale muito a pena incluir esse tour porque seu visual além de lindo é extremamente relaxante e revigorante. Considero um dos top 5 passeios do Deserto do Atacama.



Procurando hotéis em San Pedro de Atacama?

Ficamos hospedados no Hotel Dunas.

Outros hotéis que recomendo: 

Maiores detalhes leia o post: 


Reserve seu hotel nas caixas do Booking.com localizados neste blog, você não pagará nada a mais por isso e o blog ganhará uma pequena comissão pela sua reserva. Obrigada.     
        



Outros posts sobre o Chile: 




Realizei todos os passeios no Deserto do Atacama  a convite da  Ayllu Atacama e expressei aqui minha sincera opinião sobre a empresa. Desde já agradeço o convite e a confiança.

Contatos Ayllu Atacama:


Facebook: @aylluatacama

Instagram:  @aylluatacama

Site: www.aylluatacama.com.br

Whatsapp: +56964969163 

Endereço: Rua Toconao, 479 San Pedro de Atacama. 


Agradecimento especial a Luciane Mattos, amiga e excelente fotógrafa que  mesmo em viagem de férias, nos clicou em lugares lindos e realizou um ensaio fotográfico magnífico.
Leia também o post sobre: Ensaio fotográfico de viagem.



Tem dúvidas sobre o Deserto do Atacama?
Escreva na área de comentários, terei o maior prazer em ajudar.


Alugue seu carro na Rentcars.com, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.



Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:


    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ /  YOU TUBE

Saúde, paz e fé!

Um comentário:

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.