14/07/2018

https://3.bp.blogspot.com/-aDXIY4HvlAc/Wz0bKrijaYI/AAAAAAAAtEc/MgT4RtAKqTIgYVmIIqjDMmqsBbx8eekxwCLcBGAs/s640/luna%2Be%2Bmuerte%2B2.png

VALLE DE LA LUNA NO DESERTO DO ATACAMA


Valle de la Luna e Valle de la Muerte
no 
Deserto do Atacama.

Deserto do Atacama

Valle de la Luna e Valle de la Muerte é um dos passeios mais conhecidos do Deserto do Atacama. Localizado na Cordilheira do Sal, bem próximo da cidade de San pedro de Atacama, são formações geológicas com aproximadamente 25 milhões de anos, formada por pedra, sal e dunas de areia esculpidas pela natureza. 
Veja neste post como é a atração que mais simboliza o cenário mais árido do mundo:
Tour Valle de la Luna e Valle de la Muerte no Deserto do Atacama.
Como é o tour Valle de la Luna no Deserto do Atacama.

Quase chegando em San Pedro de Atacama, o motorista observou nossos olhares curiosos  em direção as incríveis e diferentes formações rochosas avermelhadas formadas por argila, gesso e sal que ganharam formas inusitadas pela ação  da natureza. No mesmo instante ele nos revelou que o local era o famoso Valle de la Luna ou Vale da Lua do deserto. Recebeu esse nome porque acreditava-se que era semelhante com a superfície lunar. Difícil é imaginar que um dia todo aquele deserto já foi mar, com os deslocamentos de placas tectônicas formaram os paredões das Cordilheira do Sal, Domeyco e a gigantesca Cordilheira dos Andes.
Os vales "de la Luna" e "de la Muerte" estão localizados bem próximos e podem ser visitados em um único tour. O local é bem quente, fato esse que as agências costumam visitar no período da tarde, quando o pôr do Sol proporciona um espetáculo incapaz de ser expressado em palavras.
Também é um dos passeios mais tradicionais do Atacama e com altitude mais baixa (comparando com as demais atrações), são 2.487 metros acima do nível do mar (San Pedro tem 2.400),  recomendam  realizar no(s) primeiro(s) dia(s) da viagem, no intuito do organismo se acostumar ao ar rarefeito e a umidade baixa e impedir o temido Mal do Soroche.

Realizamos o tour com a empresa Ayllu Atacama, na tarde do nosso segundo dia no Atacama, após a relaxante visita nas Termas de Puritama.

Você também encontrará todas as dicas, hotéis, passeios e planejamento da viagem ao Deserto do Atacama e Salar do Uyuni, neste post 👇👇👇👇:

O transporte da Ayllu nos buscou no hotel aproximadamente 14:30, o Sol estava forte e fazia muito calor. 

Trinta minutos depois entre estrada asfaltada e de terra estávamos chegando no Valle de la Luna.

Além do  tour é preciso pagar a taxa de entrada ao Valle de la Luna, 4.000 pesos (idosos e crianças pagam meia).


Atrações do tour Valle de la Luna e Valle de la Muerte:


Cavernas de sal, Centro do Valle de la Luna, Anfiteatro, Três Marias, Subida Duna Valle de la Luna, Pedra do Coyote, Valle de la Muerte.

►Cavernas de sal:

Nossa van ficou estacionada em uma área reservada para veículos e caminhamos em direção as cavernas de sal. 
Apreciamos esse momento precioso do dia em um mirante onde é possível observar todo o complexo de formações rochosas pontiagudas.
Entrada para as cavernas do Deserto de Sal, Deserto do Atacama.
O calor estava intenso. Confesso que quando o guia falou que atravessaríamos a caverna, passaríamos por locais escuros e que em determinadas partes andaríamos agachados, fiquei um pouco tensa, não gosto muito de lugares fechados, mesmo assim resolvi encarar a experiência.
Deserto do Atacama

Deserto do Atacama

Gastamos aproximadamente 40 minutos nesta atração que consiste em passar pelo interior da cavernas...
Deserto do Atacama
Entrada e saída Cavernas de Sal, Deserto do Atacama.
 Subir até o topo da montanha e caminhar até o outro lado da Caverna de Sal.
Deserto do Atacama

De volta ao veículo fomos em direção as Três Marias, uma longa estrada separava essas atrações.
Deserto do Atacama
Estrada do Valle de la Luna, Deserto do Atacama.

► Anfiteatro:

Da estrada avistamos  uma gigantesca montanha de areia moldada pela ação do tempo e dos ventos, lembrando um anfiteatro grego.
Deserto do Atacama
Anfiteatro visto do mirante do Valle de la Luna, Deserto do Atacama.

►Escultura Três Marias:

Pedra esculpida pela ação do vento e da chuva, que dizem assemelhar as Três Marias. Bom escrevi essa definição porque o guia falou, além de não conseguir imaginar esse formato, hoje só é possível ver duas esculturas (Duas marias), depois que um turista sentou-se para fotografar e acabou quebrando a terceira. Sempre eles!!!! O fato é que atualmente tem um cordão de isolamento impedindo o contato com a pedra.
Valle de la Luna

Retornamos pelo mesmo caminho...

Duna Valle de la Luna:

Deserto do Atacama
Duna Valle de la Luna, vista do início da trilha.
É uma gigante duna de areia, naquele momento com o calor intenso e aquele cenário, me senti do Deserto do Saara. Para chegar no topo são aproximadamente 20 minutos e o Sol por vezes tornava-se um obstáculo. 
Deserto do Atacama
Trilha vista do topo da duna do Valle de la Luna, Deserto do Atacama.
Mas vai devagar que dá, leve água e faça como nós, caminhe no seu limite, pare, descanse, continue, porque no final seu esforço será recompensador.
Deserto do Atacama
Todo Valle de la Luna em uma vista panorâmica da duna com mesmo nome.

Já era final de tarde, todo o cenário panorâmico do deserto estava dourado dando um contraste incrível com o céu demasiadamente azul.
Deserto do Atacama
Dunas Valle de la Luna, Deserto do Atacama.
É possível realizar uma leve caminhada pelo mirante a fim de explorar melhor a área e pegar um lugarzinho vazio para registrar.
Deserto do Atacama
Trilha no topo das dunas do Valle de la Luna, Deserto do Atacama.


Deserto do Atacama
Mirante das dunas do Valle de la Luna, Deserto do Atacama.

► Mirante com vista para Pedra do Coiote e deserto:

Deserto do Atacama
Mirante com vista para Pedra do Coiote e Deserto.
Paramos no mirante que oferece uma vista panorâmica e espetacular de toda a região e da Pedra do Coiote, que atualmente está proibida a visita.
Deserto do Atacama
Ação da natureza, pedra cortada no mirante com vista para Pedra do Coiote e Deserto.


Já no final da tarde a amiga e fotógrafa  Luciane Mattos nos registrou no mirante para a Pedra do Coiote.



Valle de la Muerte:

Uns dizem que seu nome condiz com a superfície de Marte, já outros afirmam que o local era rota dos antepassados que a chamavam de Vale da Morte.
Apreciamos esse momento precioso do dia em um mirante onde é possível observar todo o complexo de formações rochosas pontiagudas e o vulcão Licancabur.
Deserto do Atacama
Valle de la Muerte, visto do mirante. Observe ao fundo o vulcão Licancabur.

Pôr do Sol Valle de la Muerte:
Deserto do Atacama
Pôr do Sol em Valle de la Muerte, Deserto do Atacama.
Para finalizar o dia e o tour, nosso guia preparou um delicioso brunch a base de queijos, vinho e frutas, descontraidamente ele nos deu uma verdadeira aula de geologia sobre o surgimento de todo aquela região do Deserto do Atacama. Incrível imaginar que o local, hoje tão distante do mar, um dia fez parte do Oceano Pacífico e devido a movimentações de placas tectônicas transformou-se no deserto mais árido do mundo.
Deserto do Atacama
Brunch no Valle de la Muerte.

Dicas:

💬 O tour Valle de la Luna foi o mais quente que realizamos. Vá com roupas leves (exceto no inverno), porém leve casaco, porque o pôr do Sol no Valle de la Muerte faz frio e venta muito.

💬 Leve água por conta da baixa umidade e alta temperatura.

💬 Boné, protetor solar, roupa e calçado confortável.

💬 Use de preferência  roupas escuras, porque a poeira suja bastante sua roupa.

💬 Como o passeio é na parte da tarde, dá para incluir outro tour no período da manhã.

💬 Leve na bagagem disposição para andar bastante, por vezes agachados, em areia fofa e trilhas em dunas.

💬 Algumas empresas oferecem aluguel de bike. Mas vou avisando que isso é para os fortes, o parque é gigantesco e a distância é grande quando pensamos em estradas de areia.



Ficha completa do tour:


Horário: 15:30 às 21 horas.
Altitude: 2.484
Entrada: 4.000
Coquetel no Valle de la Muerte durante o pôr do Sol.
Caminhada. Local é muito quente.




Posts sobre o Deserto do Atacama:

Dicas e roteiro Deserto do Atacama.
Termas de Puritama.
Lagunas Escondidas de Baltinache.

Lagunas Altiplânicas.
Geiser del Tatio

                                                        Salar de Tara



Postagens sobre o Chile: 





Realizei todos os passeios no Deserto do Atacama  a convite da  Ayllu Atacama e expressei aqui minha sincera opinião sobre a empresa. Desde já agradeço o convite e a confiança.

Contatos Ayllu Atacama:


Facebook: @aylluatacama

Instagram:  @aylluatacama

Site: www.aylluatacama.com.br

Whatsapp: +56964969163 

Endereço: Rua Toconao, 479 San Pedro de Atacama. 


Agradecimento em especial a Luciane Mattos, amiga e excelente fotógrafa que  mesmo em viagem de férias, nos clicou em lugares lindos e realizou um ensaio fotográfico magnífico.
Leia também o post sobre: Ensaio fotográfico de viagem.



Tem dúvidas sobre o Deserto do Atacama?

Escreva na área de comentários, terei o maior prazer em ajudar.



Reserve seu hotel nas caixas do Booking.com localizados neste blog, você não pagará nada a mais por isso e o blog ganhará uma pequena comissão pela sua reserva. Obrigada.



               




Alugue seu carro na Rentcars.com, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.



Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:


    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ /  YOU TUBE


Saúde, paz e fé!





8 comentários:

  1. Que lugar incrível, Alê! As fotos parecem pintura de tão perfeitas! Meu sonho é conhecer o Atacama! Toda vez que leio algo sobre, minha vontade aumenta ainda mais!! Tô adorando a serie de posts dos passeios! Tô viajando através deles!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Nanne, mas depois vc tem que conferir ao vivo e a cores ok.

      Excluir
  2. Esse lugar é muito incrìvel!
    Me programei para visità-lo no ano passado, mas mudei de ideia com receio de estressar meu filho pequeno. Apesar da tristeza em tirar da programação, fico feliz em não ter ido. Meu filho passou mal na metade da nossa viagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, apesar de encontrar algumas crianças lá, eu realmente desaconselho esse destino para os pequenos. Se para nós adultos já é pesado, imagina para eles? Deixe ele crescer e vá pq vale a pena. Bjos.

      Excluir
  3. É um dos passeios mais lindos do Atacama né? Você pegou calor e eu peguei frio e muito vento... Mas sempre lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que calor Adriana, mas foi recompensador. Bjos.

      Excluir
  4. Fizemos este passeio no primeiro dia no Atacama e é tudo tão lindo que se tivesse feito só este já estaria feliz. Mas tem mais, muito mais! Que coisa é este deserto, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, todos os passeios no Atacama nos deixa impressionados, mas acredito que está é a cara do destino. Obrigada

      Excluir

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.