https://3.bp.blogspot.com/-wR4MiDL6Yjs/WlekQnr3cwI/AAAAAAAAnRM/8JN4gFbCiVsHg0be_0uSL9qsOIu_8AvigCLcBGAs/s640/gigoia%2B9.png

ILHA DA GIGÓIA NA BARRA DA TIJUCA


Rio de Janeiro
Ilha da Gigóia, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Um cenário bucólico com ar de cidade do interior vem caindo no gosto de cariocas e turistas que procuram diversão com  segurança, beleza, boa gastronomia e tranquilidade. A Ilha da Gigóia é um daqueles tesouros do Rio de Janeiro que vale muito a pena explorar, um espaço livre de carros e recheado de cantinhos pitorescos.
Leia:
Passeio pela Ilha da Gigóia, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.



Localizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, a região é uma mistura de Pantanal com Veneza e  Amsterdam, claro que com uma boa pitada do calor e espírito carioca. Isso porque além da Gigóia encontramos na região outras pequenas ilhas, formando um charmoso arquipélago em plena cidade grande, onde canais viram ruas e carros viram barcos, dando origem ao do apelido de "Pantanal Carioca". 

De uns tempos pra cá a região está saindo do anonimato e se descortinando para o público, ganhando fama quando o assunto é: Um novo cenário que vale a pena conhecer  no Rio de Janeiro.



A Ilha da Gigóia faz parte de um  arquipélago de onze ilhas localizadas na Lagoa de Marapendi e apesar de estar  bem próximo de toda agitação da cidade grande,  é uma região bem tranquila e diferente de tudo que você pode encontrar em atrações mais famosas do Rio de Janeiro. Um passeio ideal para curtir uma tarde pós-praia, curtir  pôr do Sol em um dos restaurantes e até mesmo circular por suas ruelas e encontrar vários murais.  Também é possível se hospedar na ilha, que conta com  pousadas  charmosas a preços bem atrativos.


Procurando hotel no Rio de Janeiro?

Leia o post sobre: Dicas de hotéis no Rio de Janeiro.


*Reserve seu hotel usando os banners do blog e os links deste post,  ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.



Por alguns instantes esquecemos que estamos no meio de uma cidade grande e curtimos a bela paisagem e como não bastasse a região virou um pólo gastronômico com vários restaurantes, alguns deles participantes do concurso "Comida di Buteco". O Cais Bar, Bar do Cícero, Caiçara e Lagunas, alguns dos mais famosos. Os mais disputados estão localizados na beira da lagoa onde é possível apreciar a ida e vinda de barcos, a Pedra da Gávea e o um majestoso pôr do Sol.  

Por duas vezes visitamos o  Cais Bar , leia aqui o review sobre nossa experiência:
Cais Bar na Ilha da Gigóia


Como chegar  na Ilha da Gigóia.


                       

O único transporte para chegar na Ilha da Gigóia é o barco, mas antes será necessário seguir  em  direção ao início da Barra da Tijuca na Avenida Armando Lombardi  (sentido Recreio), especificamente nas redondezas da Unimed, Estação do metrô Jardim Oceânico ou  um centro comercial chamado Condado dos Cascais (locais de onde partem as embarcações/ barcos-táxis em direção as ilhas).
Rio de Janeiro


⇒ De carro:

Pegue a Avenida Armando Lombardi sentido Recreio.

Estacionamentos:
* Condado dos Cascais (valor R$2,00, duas horas),  ao lado de um terminal de ônibus e  nos arredores, bem próximo de um dos decks de saída de barcos para as ilhas.

*Shopping Barra Point: Avenida Armando Lombardi, 350.

⇒ Metrô Linha 4:

Melhor opção de quem vem da zona Sul e Centro da Cidade.

Solte na estação Jardim Oceânico na Barra da Tijuca, saída Lagoa.


Locais de saída dos barcos em direção a Ilha da Gigóia.

Dependendo do lugar onde você pegar o barco e o destino da ilha, os valores podem variar.

*Píer atrás do Condado dos Cascais: R$ 5,00 

*Píer atrás da estação do metrô Jardim Oceânico:  R$3,00

*Píer atrás da  Unimed: 
Avenida Armando Lombardi, 400- Barra.
Chalanas (barcos maiores):

-Para levar até os restaurantes do outro lado da ilha, R$3,00 . 

-Já para atravessar o canal até a entrada da Ilha da Gigóia, R$1,00. 


Observe no mapa que todos os decks de saída são próximos. Ou seja você pode estacionar no Barra Point ou Condado dos Cascais e ir andando até o deck atrás da estacão do metrô, onde o valor do barco é mais em conta.


*Há também um estacionamento e um cais na Ilha dos Pescadores na estrada do Itanhangá, um barqueiro me informou que o estacionamento de carros nesse local  é bem salgado, em torno de R$ 20,00. 


Rio de Janeiro
Caminho do píer até a Ilha da Gigóia.

Trecho  entre as Ilhas da Gigóia e a Primeira,  onde encontramos a maioria dos restaurantes da região. Alguns deles ficam na beira da lagoa e de suas mesas é possível apreciar a bela vista local e o pôr do Sol.

Dica: Chegue  cedo para conseguir uma mesa com vista.

Rio de Janeiro

Por duas vezes almoçamos no  Cais Bar,  o barqueiro parou no píer de entrada do restaurante.
Como os restaurantes são bem disputados, vale a pena chegar cedo, principalmente nos finais de semana e no verão, quando muitos visitantes vão direto da praia.
Rio de Janeiro
Vista do restaurante Cais Bar, na Ilha da Gigóia, Rio de Janeiro.
Endereço Cais Bar: 
Alameda dos Ingas, 190 A , Ilha da Gigoia.
Rio de Janeiro
Entardecer no Restaurante Cais Bar, Ilha da Gigóia.
Almoçamos e curtimos um fim de tarde com direito a música ao vivo e um esplêndido pôr do Sol lindo.
Rio de Janeiro
Pôr do Sol visto da Ilha da Gigóia, Rio de Janeiro.

Explorando a ilha, matando a curiosidade e apreciando o capricho dos moradores e comerciantes da região. É uma fofura em detalhes, cada ruela, esquina,muro, portão ou até mesmo em um poste você encontra uma bela surpresa. Em 20 minutos é possível cruzar a Gigóia de um lado ao outro.

Canais viram avenidas...


Rio de Janeiro
Ilha da Gigóia, Rio de Janeiro.


E ruas transformam-se em passarelas...


Rio de Janeiro



Rio de Janeiro


Rio de Janeiro


Rio de Janeiro


Os  grafites da Ilha da Gigóia.


Rio de Janeiro

Rio de Janeiro


Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Hora de partir sem antes apreciar a Ponte Estaiada da linha 4 do metrô.

Barra da Tijuca


Já no outro lado da ilha, no cais de frente para a estação do metrô, pegamos o barco e apenas atravessamos o canal.
Rio de Janeiro



Agora só falta vocês visitarem a Ilha da Gigóia e deixarem  aqui a área de comentários sua opinião e dica sobre esse novo refúgio gastronômico do Rio de Janeiro.



Procurando hotel no Rio de Janeiro?

Leia o post sobre: Dicas de hotéis no Rio de Janeiro.



*Reserve seu hotel usando os banners do blog e os links deste post,  ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.





Confira outros posts sobre a cidade do Rio de Janeiro:



Alugue seu carro na Rentcars, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.




Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:

    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /   G+ / 

 YOU TUBE / Pinterest


Saúde, paz e fé!








7 comentários:

  1. Olha que coincidência! Estava procurando informações para dar um pulo lá esses dias! Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em ajudar. Com certeza vc irá adorar. Se tiver alguma novidade, compartilhe conosco na área de comentários.

      Excluir
  2. Anna Luiza Santiago22 de janeiro de 2018 19:29

    Eu sou muuuito fã da Ilha da Gigoia. Lugar super simpático! Já fui a um samba num dos bares e gostei bastante. Ótimo clima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna eu só conheci no ano passado e amei. O lugar é realmente espetacular.

      Excluir
  3. Eu conheço mas a cada vez que vou lá fico impressionada como tem lugar bonito dentro do Rio de Janeiro e que muita gente nem tem ideia de que existe.

    ResponderExcluir
  4. Nossa fiquei morrendo de vontade de conhecer! Parece um passeio super gostoso. Ainda não tinha ouvido falar na Ilha da Gigóia, mas acho que vou adorar conhecer.

    ResponderExcluir
  5. Que lindas fotos! Moro aqui no Rio, tão pertinho, e ainda não conheço! Com certeza vou dar um pulo lá um dia destes! Bjs :)

    ResponderExcluir

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.