https://4.bp.blogspot.com/-KgOp7TyRfR0/XDYeELng0kI/AAAAAAAAxyA/Cpo3YCYtiA0_Qlh3cqPNKMI2wdRv35oqACLcBGAs/s640/Rapel%2B2.png

RIO DE JANEIRO: RAPEL NA PEDRA DA TARTARUGA


Rio de Janeiro
Rapel Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro. 
Em 2012 o Rio de Janeiro recebeu da Unesco o título de Patrimônio Mundial da Humanidade, por ser considerada uma cidade que proporciona uma relação harmônica entre seus habitantes e a natureza. 
Atividades ao ar livre, praias, cachoeiras, trilhas, rapel e stand up  são algumas das várias atrações da cidade maravilhosa.
Realizamos nosso primeiro rapel na Pedra da Tartaruga com a empresa Desbravando Rio, localizada na zona oeste da cidade, onde encontramos a famosa Pedra do Telégrafo e a Trilha das Praias Selvagens.

Uma experiência incrível com um visual de tirar o fôlego, leia  todos detalhes neste post:

Como fazer rapel no Rio de Janeiro.
Como é o rapel na Pedra da Tartaruga no Rio de Janeiro.

Localizada no Parque Estadual da Pedra Branca, uma área de preservação ambiental nos arredores de Barra de Guaratiba, a 60 km do Centro da Cidade, uma região de praias paradisíacas, floresta e manguezais entre a praia do Grumari e a Restinga de Marambaia.

Sabe aquele item que você coloca na listinha de experiências que você tem que fazer nesta vida?

Pois é, apesar do meu medo de altura, o rapel entrava em todas aquelas listinhas de desejos que fazemos na virada do ano, só que nunca tinha coragem.

Foram meses de preparo psicológico, olhava aquelas fotos maravilhosas e pensava, se um dia tomaria coragem para superar meus limites.

Foi com a virada do ano e a chegada de uma nova idade que resolvi encarar essa aventura. Escolhemos a Pedra da Tartaruga porque já conhecemos a região, fizemos as trilhas  Pedra do Telégrafo e  Praias Selvagens. Sabíamos que o local oferecia um visual incrível de praias desertas e paradisíacas.

O rapel é uma atividade esportiva que oferece prazer e adrenalina, desde que planejado e realizado com responsabilidade e segurança.  Escolhemos a  Desbravando Rio , empresa especializada em atividades esportivas, reconhecida e bem avaliada no mercado, com profissionais qualificados no assunto. Além do rapel, realizam escaladas, trilhas, stand up paddle , passeio de barco, etc, etc. Dá uma olhada na página do Facebook Desbravando Rio e fique por dentro de toda agenda,  atividades, contatos, valores e compra de passeios. 
O ponto de encontro com os guias é na praia do Canto em Barra de Guaratiba. Eles marcam 7 horas da manhã com tolerância de meia hora.
RIO DE JANEIRO
Praia do Canto, Barra de Guaratiba, Rio de Janeiro.


Como chegar em Barra de Guaratiba?

⏩ Saindo da Barra da Tijuca, pegue a Avenida das Américas até o final do Recreio dos Bandeirantes, continue em frente passando pelo túnel da Grota Funda em direção a Costa Verde do estado. Pegue o retorno na placa Barra de Guaratiba (não é Ilha de Guaratiba, é
Barra de Guaratiba), após o posto de gasolina pegue a Estrada Burle Marx, siga em frente até o final chegando ao Centro de Barra de Guaratiba. Vá até a Praia do Canto (ponto final dos ônibus) e estacione.
ou

⏩ Pelas praias do Recreio dos Bandeirantes - Prainha-  Grumari : seguir até o final (praia do Grumari) pegar a direita subindo a serra na estrada do Grumari, no final virar a direita na estrada Burle Marx, seguir até o final na Praia do Canto de Barra de Guaratiba. 


Importante: Obedeça os locais de estacionamento de rua. A fiscalização é intensa e eles multam mesmo! Você também pode deixar seu veículo em estacionamentos privativos. Valores entre R$20,00 e R$30,00.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------



*Reserve ou compre usando os banners do blog e os links deste post,  ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.


---------------------------------------------------------------------------------------


A programação do rapel  é dividida em 2 partes:

● Trilha até a Pedra da Tartaruga 
● Rapel Pedra da Tartaruga.


➧Primeira etapa:


Trilha Pedra da Tartaruga:


RIO DE JANEIRO
Observe o formato da pedra, assemelha-se com uma tartaruga. 

Classificação do trilha: Nível moderado.
Grupo formado, guia/instrutor, fotógrafo, auxiliares e todo equipamento, partimos da praia do Canto. Subimos uma escadaria entre casas (aproveite para apreciar a vista da praia e Restinga de Marambaia) até chegar na trilha. São aproximadamente 1 hora de caminhada entre subida e descida margeando o mar, tornando um pouco cansativo.

Fique sempre atento as sinalizações. Pelo caminho existem placas e carimbos de pegadas nas pedras.


⏩ Caminhada até a bifurcação, tem uma plaquinha escrito:
Direita: para a Praia do Perigoso/ Pedra da Tartaruga.
Esquerda: Praia do Meio.

⏩ Caminhada até a praia do Perigoso.

⏩Subida Pedra da Tartaruga: reserve seu fôlego para essa última parte. Dez minutos de subida até o topo da pedra.
Rio de Janeiro
Parte final da trilha, no alto mirante da Pedra da Tartaruga, onde é realizado o rapel.


É cansativo, mas todo esforço é recompensado com a vista das praias Selvagens, Grumari, Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca, Pedra do Pontal e lá no fundo  a Pedra da Gávea. Dá uma sensação de paz e liberdade, sabe!


Rapel na Pedra da Tartaruga: 

Rio de Janeiro
Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro. Observe onde começa e termina o rapel.

Enquanto tomamos fôlego, filmamos, fotografamos e apreciamos toda aquela vista com vários mirantes para chamar de seu...


Rio de Janeiro
Pedra da Tartaruga-Rio de Janeiro, abaixo praia do Perigoso. Foto: Desbravando Rio.

Rio de Janeiro
Mirante Pedra da Tartaruga, vista das praias selvagens.

Rio de Janeiro
Pedra da Tartaruga, ao fundo praias e pedras do Pontal e da Gávea.

A equipe prepara todo equipamento, passando cordas e fixando ganchos na rocha, tanto para o rapel, quanto para o pêndulo, uma espécie de balanço que sai da pedra em direção o mar. 

Nosso grupo era de aproximadamente 11 pessoas, deu frio na barriga só de ficar observando a fixação das cordas.

Rio de Janeiro
Equipe Desbravando Rio nos preparativos do rapel.

Tudo pronto, o instrutor Sidney colocou os cintos, ganchos, capacete e luvas, explicando como acontece a atividade.
Geralmente desce com ele uma dupla por vez.
Rio de Janeiro
Explicações e início do rapel na Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro.

Uma pausa para foto e que agora é pra valer.

Rio de Janeiro
Iniciando o rapel na Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro.

Descemos vagarosamente até que chegamos ao precipício, nossos pés ficam sem apoio na pedra, daí descemos pendurados manuseando a corda. Em segundos o medo é substituído por um deslumbramento com todo aquele visual e a sensação de liberdade.

Um fotógrafo da empresa fica em pontos estratégicos por baixo das pedras, realizando altos registros (fotos e filmagem) de toda aventura: de cabeça para baixo, casal se beijando, etc, etc. Eu que nem gosto de fotos, amei.
Segura que vem chuva de fotos...


Rio de Janeiro
Rapel Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro. Foto: Desbravando Rio.

 Rio de Janeiro
Rapel Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro. Foto: Desbravando Rio.

Vista praia do Perigoso. Rapel Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro. Foto: Desbravando Rio.

Um outro guia fica nos aguardando  na parte final do rapel, para remover os ganchos.


Pêndulo:


Rio e Janeiro
Pêndulo na Pedra da Tartaruga, Rio de Janeiro. Foto: Desbravando Rio.


Ali mesmo ao lado, tem outra corda onde fizemos o pêndulo, uma espécie de balanço que sai da pedra em direção ao mar. Eu não ia fazer (por medo mesmo), mas depois que o Henrique foi, tomei coragem e enfrentei. Tem direito a pular duas vezes, uma o fotógrafo tira fotos e a outra ele filma.

Putz, foi demais.

Veja o vídeo:




Depois de toda aquela dose de adrenalina, retornamos na companhia do guia, para o mirante da pedra, uma subida de 5 minutos.

Descansamos um pouco e retornamos para a praia do Canto, pegando o mesmo caminho  até o local onde nosso carro estava estacionado. 

Você também pode descer a Pedra da Tartaruga, fazer uma pausa, dar um ou vários mergulhos (ou até mesmo passar o resto da tarde) na Praia do Perigoso e depois continuar a caminhada.


Ficha do passeio:

Tempo total do passeio: Em torno de cinco horas.

Valor:

Rapel: 
Individual: R$60,00.
Grupos de quatro ou mais pessoas: R$ 50,00.


Pêndulo: R$20,00

Fotos: 

Individual: R$30,00
Duas pessoas: R$20,00


Incluso:

Guia e condutor.
Kit primeiros socorros.
Equipamentos para o rapel.


Mais informações, acesse o site: Desbravando Rio .


Outras fotos sobre o rapel você encontrará no Instagram:
Blogfourtrip e Desbravando Rio


Dicas:


💬 Roupas confortáveis, tênis ou botas de trilha.

💬 Boné, óculos, repelente e muito protetor solar. 

💬 Leve muita água, pelo menos 2 litros por pessoa.

💬 Lanche, barrinha de cereal, frutas, etc.

💬 Uma boa dose de disposição, porque a trilha não é tão fácil como esperávamos.

💬 Para ver mais fotos, visite nosso Instagram @blogfourtrip .



Se gostamos????

Saímos de lá bem cansados, porém em êxtase, já programando o próximo rapel. Com certeza a Pedra da Tartaruga foi o primeiro de muitos.

De resto, vai que é demais!!!!!

Agradecimento especial ao Luiz e toda sua equipe, instrutor/guia Sidney, auxiliares e fotógrafo, pela competência, profissionalismo, simpatia e atenção.


Realizamos a atividade à convite da empresa Desbravando Rio e relatei aqui nossa sincera opinião sobre o evento.

Gostou do post? Então já deixa salvo no Pinterest.

Pinterest Fourtrip






*Reserve ou compre usando os banners do blog e os links deste post,  ganhamos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigada.



Alugue seu carro na Rentcars, pague no Brasil sem cobrança de IOF. Reserve pelos banners do blog, recebemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso. Obrigado.


Confira outros posts sobre a cidade do Rio de Janeiro:


Acompanhe nossas viagens pelas redes sociais:

    FACEBOOK  /   INSTAGRAM  /  

 YOU TUBE / Pinterest


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas dúvidas, comentários e dicas. Será muito importante para o Fourtrip. Terei o maior prazer em responder.